TV Jaguar

Postado em 19/01/2021 às 09:30:00

compartilhar

Ceará inicia vacinação contra a Covid-19.

Ceará inicia vacinação contra a Covid-19.

As primeiras 218 mil doses da vacina Coronavac (produzidos pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan) chegaram em Fortaleza no fim da tarde desta segunda-feira (18) e, imediatamente, foram distribuídas para os municípios cearenses. Primeiros 11 vacinados foram profissionais de saúde do Hospital Estadual Leonardo da Vinci, HGF e um líder indígena.

O Ceará iniciou a vacinação contra Covid-19 poucos minutos depois da chegada das primeiras 218 mil doses da Coronavac em Fortaleza. Cinco profissionais do Hospital Estadual Leonardo da Vinci e um líder indígena foram imunizados na unidade de saúde. Pouco depois, no Hospital Geral de Fortaleza, outros cinco profissionais também foram vacinados.

   

Em coletiva realizada no aeroporto, o governador Camilo Santana agradeceu ao Ministério da Saúde, e a todos que colaboraram para a chegada das vacinas no Ceará, incluindo a Força Aérea Brasileira (FAB), a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, o Corpo de Bombeiros, e a Fraport, mas principalmente aos profissionais de saúde.

“Ao longo de quase um ano, os nossos guerreiros estão na linha de frente, atendendo e acolhendo as pessoas, e esse é o nosso objetivo. Foi uma luta para chegar até aqui, mais agora vamos iniciar a nossa campanha de vacinação”, explicou.

Com essa primeira remessa de imunizantes, o Ceará vai vacinar 109 mil pessoas, já que cada uma precisa de duas doses para garantir uma melhor defesa do corpo contra o vírus. “Já há um cronograma de vacinas montado pela Secretaria da Saúde do Estado, para Fortaleza e o Interior. Estamos com expectativa de receber mais doses ainda nessa semana do Ministério da Saúde”, ressaltou Camilo.

No Estado, a prioridade será para profissionais de saúde da linha de frente de combate à Covid-19 de unidades públicas e privadas, que serão imunizados nos locais onde trabalham, e idosos institucionalizados (que residem em asilos). Todos os grupos da Fase 1 serão vacinados na medida que cheguem mais lotes nas próximas semanas.

A distribuição das vacinas é feita por aviões, helicópteros e caminhões. Além dos imunizantes, o Governo do Ceará já garantiu a compra de seringas, agulhas, álcool, algodão e refrigeradores. “Receber as vacinas contra a Covid-19 aqui no Ceará é um momento muito emocionante. É um sentimento de esperança para a população, para que a gente possa superar esse momento tão desafiador que já tem quase um ano convivendo com a Covid-19”, destacou Camilo.

Início da campanha de vacinação no Ceará

Do aeroporto, as primeiras doses da vacina contra Covid-19 foram enviadas para o Hospital Estadual Leonardo Da Vinci, onde deu-se o início a campanha de vacinação do Ceará.

A técnica de enfermagem Maria Silvana Souza Reis, de 51 anos, foi a primeira vacinada contra a Covid-19 no Ceará. Ela atua no Hospital Leonardo da Vinci, na linha de frente de combate à doença. Ela foi escolhida para ser a primeira, além da idade e do trabalho direto com os pacientes, porque se locomove de ônibus.

Além dela, foram vacinados:

– Maria de Jesus de Oliveira Lima, 56, serviços gerais;
– Francisco Adailton Alencar Braga, 55 anos, médico intensivista;
– Cristine Aparecida da Cunha, 39, fisioterapeuta;
– Regiane Sousa Torres, 34, enfermeira
– Dourado Tapeba, líder indígena do Polo Caucaia;
– Natanael Dourado, 29, maqueiro
– David Nascimento Monteiro, 26, fisioterapeuta
– Gabriel Braga de Oliveira, 24, médico
– Maria Clara Santana Silva, 19, técnica de Enfermagem
– Paulo Brito Lima, 39, serviços gerais
Todos os profissionais atuam no Hospital Leonardo da Vinci e Hospital Geral de Fortaleza.
A vice-governadora, Isolda Cela, o prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, o secretário de saúde do Ceará, Dr. Cabeto, e o secretário-Chefe da Casa Civil, Chagas Vieira também estiveram presentes.

Logística

Numa logística desenvolvida pelo Governo do Ceará que envolve aviões, helicópteros e caminhões, foram traçadas seis rotas de distribuição aérea e duas terrestres contemplando a Capital e as Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS) que compreendem os municípios de Maracanaú, Caucaia, Baturité, Itapipoca, Sobral, Tianguá, Camocim, Acaraú, Crateús, Juazeiro do Norte, Crato, Iguatu, Brejo Santo, Icó, Tauá, Quixadá, Canindé, Aracati, Russas e Limoeiro do Norte.

As vacinas destinadas ao interior foram embarcadas em aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Governo do Ceará

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também