TV Jaguar

Postado em 14/07/2021 às 15:15:00

compartilhar

Programa Clusters Econômicos seleciona startups no Vale do Jaguaribe.

Programa Clusters Econômicos seleciona startups no Vale do Jaguaribe.

O Programa Clusters Econômicos abre inscrições, a partir desta quinta-feira, 15 de julho, para selecionar startups dedicadas a resolverem problemas identificados em setores econômicos do Vale do Jaguaribe. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) e da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap). O programa conta com a parceria do Instituto Federal do Ceará (IFCE), por meio da Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (PRPI).

O programa mapeou, nas diversas regiões do estado, problemas relacionados às cadeias econômicas. Esses problemas foram divididos em grupos, também chamados de "clusters". Para cada cluster, foram selecionados pesquisadores que vão atuar como mentores das startups criadas para resolver cada um dos gargalos identificados. Na região do Vale do Jaguaribe, os problemas abrangem os setores do Agronegócio, da Mineração e Metalmecânico.

O professor Jarbas Vidal, do IFCE campus Tabuleiro do Norte, é um dos pesquisadores integrantes do programa, ligado ao cluster do Agronegócio no Vale do Jaguaribe. Ele vai ficar responsável por, juntamente com as startups selecionadas, colaborar para o desenvolvimento de uma solução para lidar com o controle zootécnico de aves na região. Segundo o pesquisador, um dos diferenciais deste programa é incentivar a pesquisa e a inovação com o uso de tecnologias no âmbito regional e oportunizar às startups o acesso a até duas bolsas, cujo valor pode chegar a até R$1.500 cada, dependendo da formação do integrante da equipe. Para receber essas bolsas, é necessário que os contemplados pertençam à região do cluster.

"Cada startup vai receber um recurso pra desenvolver a sua ideia. Ter esse recurso é importante. Além disso, já há um problema formatado, com identificação de futuros clientes. A startup vai contar com a consultoria de professores e acompanhamento semanal e com o apoio do programa Corredores Digitais na formatação da empresa, do modelo de negócio e do marketing", explica Jarbas Vidal.

A professora Silvia Teles, da Universidade Federal do Ceará (UFC) campus Russas, é uma das pesquisadoras que integra o cluster da Mineração e Metalmecânica no Vale do Jaguaribe. Nesse cluster, os problemas estão relacionados à questão energética. Ela cita, como exemplo, a elevada despesa das empresas da região com Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). "Identifiquei onze empresas que utilizam o GLP no Vale do Jaguaribe, e sabemos que há mais", contabiliza a pesquisadora.

COMO PARTICIPAR
Os interessados em compor uma startup têm até 15 de agosto para efetuar a inscrição pela internet (página de inscrição). O edital encontra-se disponível no link (clique aqui). Antes de finalizar o prazo de inscrição, serão realizadas jornadas com a finalidade de aperfeiçoar as ideias de cada startup. Após o resultado final, haverá a outorga das bolsas e o início da etapa de implementação das ideias, cuja duração prevista é de seis meses. Ao final do cronograma, a startup deverá apresentar um protótipo para aplicação real no mercado.

LIVE TIRA-DÚVIDAS
Na data de abertura das inscrições (15 de julho), os pesquisadores dos clusters do Vale do Jaguaribe vão realizar uma live na internet, por meio dos canais no YouTube do IFCE campus Tabuleiro do Norte (clique aqui) e da UFC campus Russas (clique aqui), para apresentar o edital do programa e sanar dúvidas. Também será uma oportunidade para conhecer os problemas identificados na região. A transmissão começa às 19h.

   

 

 

Fonte: TV Jaguar/IFCE

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também