TV Jaguar

Postado em 02/08/2021 às 14:30:00

compartilhar

Documentário traz à luz o legado cultural do repentista Dimas Batista.

Documentário traz à luz o legado cultural do repentista Dimas Batista.

Poeta e repentista admirado por intelectuais e artistas da estirpe de Ariano Suassuna, Manuel Bandeira, Menotti del Picchia, Antônio Nóbrega, Zé Ramalho e Alceu Valença, dentre outros, Dimas Batista é um ilustre desconhecido para uma grande parte do estafe cultural do Brasil. No entanto, um projeto audiovisual realizado pelo Instituto Brasil de Dentro, organização não-governamental de Limoeiro do Norte (CE), pretende lançar luz sobre a história, o talento e a obra do pernambucano que, mesmo sendo considerado por alguns como um cantador repentista de inigualável envergadura poética e cultural, é pouco reverenciado e valorizado. O documentário tem apoio da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult/CE).

As primeiras imagens de “De Repente, Dimas” já começaram a ser gravadas em Tabuleiro do Norte, sob direção de Valdo Siqueira, realizador audiovisual e professor de Cinema da Universidade de Fortaleza (Unifor), que também assina o roteiro ao lado do compositor e escritor Eugênio Leandro. E por que em Tabuleiro? César Costa, gestor cultural do Brasil de Dentro, explica que, na década de 40 do século passado, Dimas Batista resolveu morar no Vale do Jaguaribe, mais precisamente em Tabuleiro do Norte, onde mais tarde casaria, teria uma filha, Dicélia Guedes Patriota, e faria três graduações: Letras, Pedagogia e História (em tempo: ele também fez Direito, mas foi na Paraíba). O documentário não poderia vir em melhor momento, afinal, em 2021 comemora-se o centenário de nascimento de Dimas Batista. O filme deve começar a ser exibido em outubro deste ano.

 

 

Fonte: TV Jaguar/G1

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também