TV Jaguar

Postado em 04/06/2022 às 18:00:00

compartilhar

FORTALEZA - Prefeitura anuncia reforma completa do Parque Rio Branco

FORTALEZA - Prefeitura anuncia reforma completa do Parque Rio Branco

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), anuncia a requalificação do Parque Rio Branco, localizado no bairro Joaquim Távora, um importante refúgio verde na cidade, criado em 1976. A licitação para a contratação de empresa responsável pela obra será aberta ainda durante o Mês do Meio Ambiente, em junho, impulsionando as políticas ambientais desenvolvidas na atual gestão. A reforma no espaço prevê transformações em acessos, passeios, equipamentos e mobiliário.

O Parque Rio Branco está na área de influência de outros quatro bairros: São João do Tauape, Dionísio Torres, Fátima e José Bonifácio, representando um espaço único para Fortaleza, com diferentes formas de uso e experiências, estreitando a relação entre os frequentadores e o ambiente. Além da requalificação, o espaço ganhará um plano de manejo, assim como outros 23 parques, como anunciado em maio pelo prefeito José Sarto. O documento fortalece as políticas ambientais do espaço e norteia seu uso correto, preservando fauna e flora.

O objetivo é recuperar e qualificar o parque para impulsionar o desenvolvimento socioambiental da região, idealizando um espaço cultural, esportivo e de lazer à população, como destaca a titular da Seuma, Luciana Lobo. “O Parque Rio Branco é um patrimônio socioambiental de Fortaleza, localizado em uma área pulsante da nossa cidade. Será reformado e, principalmente, precisará ser cuidado pela população, para que nos ajude a preservar um espaço tão importante”, disse.

Projeto

O parque possui cerca de 78 mil m² e pertence à Zona de Preservação Ambiental (ZPA I) de Fortaleza, composta por flora predominante dos biomas Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica, e diferentes espécies de animais, entre aves, répteis e mamíferos.

O projeto prevê a reforma de anfiteatro, academias, playground, estacionamento e prédio da Urbfor, com restauração dos pilares já existentes, resguardando a memória afetiva do lugar. Os acessos principais serão reestruturados com praças, para servir de convite a um percurso no parque, assim como ganhará uma Ciclorrota para interligar as quatro entradas às atrações do espaço. Os pedestres também terão um novo traçado de passeio, com travessias alargadas, gerando maior permeabilidade visual.

Aos esportistas, o Parque Rio Branco terá Areninha para futebol, quadra de Beach Tennis, mesa de jogos, espaço multiuso para atividades ao ar livre ou eventos, além de um Pet Place para levar os animais de estimação. Cafeteria e quiosques estarão disponíveis, incentivando o comércio local e, logo, a ocupação pública.

O gradil do parque será recuado, gerando sentimento de pertencimento entre os moradores, além de nova drenagem.

Política ambiental

A reforma do Parque Rio Branco faz parte de uma política ambiental permanente da Prefeitura de Fortaleza, com resguardo aos recursos naturais, ampliação da nossa cobertura arbórea e requalificação de espaços urbanos. No dia 14 de abril, por exemplo, foi reinaugurado o Parque Ambiental do Passaré, que abriga o Zoológico Municipal Sargento Prata e o Horto Florestal Falconete Fialho.

Em fevereiro deste ano, a cidade recebeu a primeira etapa da reforma do Parque Rachel de Queiroz, no bairro Presidente Kennedy, com arborização, wetlands e espaços de lazer. As requalificações estão somadas a outras ações fundamentais para o equilíbrio entre os meios natural e construído de Fortaleza, como a Marcha Climática realizada em março, a criação do Gabinete de Governança Climática, o Super Plantio de Abril, com 5 mil novas árvores plantadas e, mais recentemente, o lançamento do Mês do Meio Ambiente, com atividades até o final de junho.

Além disso, estão em curso projetos fundamentais à natureza e ao bem-estar do fortalezense, a exemplo do Se Liga na Rede, que se aproxima das 800 ligações de residências à rede de esgotamento sanitário de Fortaleza, evitando que efluentes cheguem ao oceano. A Captação em Tempo Seco e a Vídeo Inspeção de Galerias Pluviais também atuam para preservar a vida marinha e a balneabilidade da nossa orla.

 

 

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também