TV Jaguar

Postado em 12/11/2016 às 05:00:00

compartilhar

Vereadores de Morada Nova receberam manifestantes contra a PEC 241/55

Vereadores de Morada Nova receberam manifestantes contra a PEC 241/55

Na sexta-feira, 11 de novembro de 2016, aconteceu no plenário vereador José Leandro da Silva, mais uma sessão ordinária da câmara de vereadores de Morada Nova, sob a presidência do vereador Emanuel Everardo Lemos Maia, com as cadeiras do auditório tomadas por manifestantes do movimento “Fora Temer”.

Fizeram uso da palavra no pequeno expediente os vereadores; José Osimar Nogueira (Zé Cotó) e Jorge Brito.

Já na Tribuna popular foi concedida aos professores Vinícius e Aurilânio, da rede estadual de educação que falou da perda de direitos dos brasileiros, nas áreas da educação, trabalhistas, previdenciárias e outras devido a política de contenção de gastos do presidente Michel Temer.

No grande expediente voltou a fazer uso da tribuna o vereador Jorge Brito, que falou de leis municipais descumpridas pelo executivo municipal, e da importância dos movimentos populares em defesa de seus direitos. Comentou sobre o pagamento dos inativos cobrando do setor responsável, para que o pagamento dos salários e do décimo terceiro sejam pagos ainda neste mandato, por ser responsabilidade dessa gestão que muito pouco tem feito pelo seu povo e  servidores do município. Em aparte, a vereadora Jane Martins disse que a população ainda tem muito fanatismo político, deixando de cobrar a quem de direito e de que forma deve acontecer.

A vereadora Rose Meire falou da importância do vereador para defender a sociedade como um todo e que por isso, o numerário recebido pelo parlamentar, conforme foi destacado por uma manifestante é importante.

Ela falou das cobranças que os vereadores fazem ao executivo municipal, que na maioria dos casos, não são atendidas pelo prefeito que não demonstra interesse em resolver os problemas das comunidades representadas pela oposição. Por fim, parabenizou aos presentes pelo movimento e pediu desculpas pelos excessos de seu pronunciamento.

O vereador José Osimar (Zé Cotó), falou que a paixão política é prejudicial a democracia, más que as mudanças propostas pelo presidente só serão aplicadas, se os Deputados aprovarem as medidas. Se fazendo necessário, saber em quem votar para as câmaras estaduais e federais para fazer valer os  interesses do município.

Zé comentou sobre o repasse de recursos da prefeitura para a câmara, da aposentadoria dos servidores públicos municipais, de obras entregues pelo município mesmo depois da derrota nas eleições de outubro, e de suas conquistas como parlamentar para sua comunidade e para toda a Morada Nova.

O vereador Dr. Cavalcante Júnior, iniciou seu pronunciamento comentando sobre a PEC 241/55. Fez observações sobre a eleição Norte Americana e o clima amistoso entre vencido e vencedor. Parabenizou a manifestação popular, mas destacou que a PEC irá passar graças a influência da mídia direcionada da Rede Globo de televisão.

Segundo ele, essa PEC vem para prejudicar crianças que ainda nem nasceram pois sua duração é de vinte anos, assim como, os salários dos servidores que irão os poucos perderem o poder de compra prejudicando diretamente a evolução do Brasil. 

O vereador Arilton Rabelo, também apoiou a manifestação em defesa de direitos constitucionais do povo brasileiro, lamentou que a atual presidência tenha deixado para segundo plano, fatores importantes para a sociedade como; educação e saúde pública.

Em seu pronunciamento, ainda falou da crise hídrica que assola o Nordeste Brasileiro e da expectativa para o Governo Municipal que iniciará em janeiro próximo.

O vereador Geovane Maia Barros, também colocou-se à disposição para colaborar com a multidão que lotava o parlamento como vem acontecendo nas últimas semanas. Maior parte do discurso do vereador, foi dedicado a criticas e para apontar falhas na gestão do governador Camilo Santana.

O parlamentar foi enfático em afirmar, que não acredita em uma grande gestão do partido dos trabalhadores para Morada Nova.

O vereador José Edner (Edinho), lembrou a PEC em discussão frisando que esta proposta de emenda a constituição congela por 20 anos os recursos para a educação e saúde, atingindo diretamente a população mais carente da nação e registrou que outras medidas deveriam ser tomadas.

Comentou sobre a política econômica do Governo do Estado, que investiu em ônibus que agora estão sucateados e no aquário que está parado, deixando de investir em educação e  saúde, o que demonstra que este Governo não sabe priorizar seus gastos. A Nível Nacional fez alusão aos gastos do Governo Federal para sediar a Copa do Mundo e a Olimpíada.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Arnaldo Freitas

Comentários 1

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

EU SOU O PROFESSOR DA REDE ESTADUAL CITADO NA MATÉRIA ACIMA: http://www.tvjaguar.com.br/noticia/1627/Vereadores-de-Morada-Nova-receberam-manifestantes-contra-a-PEC-241/55.html MEU NOME É AURILÂNIO NOBRE DA CUNHA (e não Aureliano, como está na matéria). Gostaria que fosse corrigido.

Por AURILÂNIO NOBRE DA CUNHA em 13/11/2016 às 12:11:37

Veja também