TV Jaguar

Postado em 01/12/2016 às 15:00:00

compartilhar

Fundação Raimundo Fagner apresenta concerto gratuito no Teatro da Ribeira dos Icós

Fundação Raimundo Fagner apresenta concerto gratuito no Teatro da Ribeira dos Icós

O Um final de semana mergulhado na música instrumental, através de um concerto que pretende fazer um resgate e uma leitura histórica da música. A partir deste percurso, a Fundação Raimundo Fagner (FRF) irá apresentar gratuitamente, neste fim de semana, o Concerto de Música Ibero-Americana no Teatro Municipal da Ribeira dos Icós, a partir das 19h.

A apresentação é resultado das ações desenvolvidas pelo Projeto de Formação e Difusão Artística da Fundação Raimundo Fagner e do premiado Programa Aprendendo com Arte, visando a inclusão sociocultural, além de sensibilização para a história da arte e suas linguagens, em especial a música.

Partindo da Renascença até início do Século XIX, fazendo um passeio histórico nos períodos musicais, cruzando o Atlântico e atravessando os mares do tempo e da distância para apresentar uma viagem musical que se inicia em Portugal do século XVI e desembarca no Brasil do século XIX.

SÉCULOS MUSICAIS - O repertório segue do período renascentista lusitano; dos pifes estridentes do nordeste colonial; ao batuque de negros que clamaram sua liberdade no fim do Romantismo. Entre os compositores, obras de António Carrera, Spix e Martius, Luís Álvares Pinto, entre outros. Uma bela mistura harmônica onde todos os educandos/artistas e envolvidos representam a figura de uma pátria formada de muitas cores e ritmos.

O concerto apresenta em seu contexto uma correlação com os reinos renascentistas que correspondem hoje à nação Portuguesa. Revelam-se também elementos que ainda refletem em nossos costumes musicais, heranças que serão apresentadas em canções e peças instrumentais como villancetes, oratórios, ofícios religiosos, lundus, modinhas e a canção nacionalista.

FUNDAÇÃO RAIMUNDO FAGNER - A Fundação Social Raimundo Fagner foi criada em Abril de 2000 na cidade de Orós, numa parceria com a Fundação Banco do Brasil/Programa AABB Comunidade.

Em 2003 inicia suas atividades no bairro do Parque Itamarati, na periferia de Fortaleza. Atualmente atende a um público formado por 400 crianças e adolescentes, de 7 a 17 anos de idade.

As ações da FRF são desenvolvidas através do Projeto Aprendendo com Arte, que visa promover o desenvolvimento humano, o pensamento artístico e a percepção estética através de oficinas nas diversas áreas artísticas, sendo a música o foco principal de suas ações.

Ao longo dos anos, o trabalho da fundação foi reconhecido com diversas premiações, como o Ponto de Cultura (2005); Prêmio Escola Viva (2007); Prêmio de apoio a pequenos eventos e Ponto de Valor, do Ministério da Cultura/PNUD (2009); Criança Esperança (2006), Prêmio Itau/Unicef - vencedor nacional (2009); Programa Escola Associada a UNESCO (2012); vencedor nacional do Prêmio ODM (2014).

REPERTÓRIO -

Si Amores me han de Matar - Mateo Fuenllana

Fantasia em Ré - Antonio Correra

Minina dos Olhos Verdes - Anônimo

Vend Suspirar – José de Anchieta

Um cuydado que mia vida tem

Lundum - colhido por Martius e Spix (sec. XVIII)

Matais de Incedios – Anônimo (Sec.XVIII)

Benedicta tu in mulieribus – Luís Alvares Pinto

Bendito e Louvado Seja - José Maurício Nunes Garcia

A saudade que no peito - Anônimo - (modinha sec. XVIII)

Nkosisikelê Africa/Sansa Kroma/Congoma- Canção Nacionalista

SERVIÇO:

Concerto de Música Ibero-Americana da Fundação Raimundo Fagner

Local: Teatro Municipal da Ribeira dos Icós

Dias: 03 e 04 de dezembro

Horário: 19h

Classificação etária: Livre

Duração: 40 minutos

Entrada: gratuita (com restrição de lugares pelo limite de capacidade)

Informações: (85)32743726 - www.frfagner.com.br - Com informações do Teatro Municipal da Ribeira dos Icós (TMRI), através da Degage Comunicação

 

 

Fonte: Tv Jaguar

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também