TV Jaguar

Postado em 23/02/2017 às 06:30:00

compartilhar

Avanço da Chikungunya no Ceará entra na pauta da Assembleia Legislativa

Avanço da Chikungunya no Ceará entra na pauta da Assembleia Legislativa

As notificações de incidência de chikungunya aumentaram em mais de 1.000% no Ceará, em um intervalo de um ano, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado. O avanço da doença e o risco real de epidemia serão discutidos nesta quinta-feira (23), durante reunião da Frente Parlamentar de Combate ao Mosquito Aedes aegypti na Assembleia Legislativa.

A reunião marca a volta dos trabalhos do colegiado em 2017. Para o presidente da Frente, deputado Carlos Matos, o aumento de casos de chikungunya era algo que estava prenunciado.

"A preocupação com a chikungunya é que é um arbovírus muito mais agressivo e pode gerar um colapso na rede hospitalar do Estado", afirma.

Além dos parlamentares que compõem a Comissão, foram convidados para participar do debate: técnicos das Secretarias da Saúde do Estado e do Município de Fortaleza; o presidente da APRECE, Gadyel Gonçalves; o presidente da Comissão de Saúde da OAB, Ricardo Vieira e representantes de áreas afins.

A Comissão

A Frente Parlamentar de Combate ao Aedes aegypti foi instituída em março do ano passado com o objetivo de colaborar e articular, em conjunto com a sociedade civil, medidas para a erradicação do mosquito Aedes (vetor de transmissão das doenças dengue, zika e chikungunya).

Compõem o colegiado os seguintes parlamentares: Carlos Matos (PSDB), presidente; Leonardo Pinheiro (PP), relator; José Sarto (PDT); Fernanda Pessoa (PR); Agenor Neto (PMDB); Roberto Mesquita (PSD) e Evandro Leitão (PDT).

 

 

Fonte: Tv Jaguar

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também