TV Jaguar

Postado em 30/05/2017 às 16:30:00

compartilhar

Vem aí a II Gincana Africana e Indígena da Escola Deputado Joaquim de Figueiredo Correia em Iracema/CE.

Vem aí a II Gincana Africana e Indígena da Escola Deputado Joaquim de Figueiredo Correia em Iracema/CE.

Este ano a organização está preparando muitas novidades para a 2° edição do evento. O mesmo irá proporcionar com que os alunos e convidados possam aprender mais sobre estes povos que estão na raiz da formação do povo brasileiro. 

O evento desse ano, proverá uma interação entre os conhecimentos dos povos africanos e indígenas em cumprimento às Leis 10.639/03 e 11.645/08, que torna o ensino da história e da cultura africana e indígena, obrigatórios nas informações públicas e particulares.

Portanto a Escola Deputado Joaquim de Figueiredo Correira, no município de Iracema, encontrou uma forma de abordar essa temática a partir do projeto Sentindo na pele, coordenado pela professora Maria do Socorro Lopes de Queiroz. As equipes serão formadas, nas quais cada sala representará uma das características da história e da cultura desses povos. O diretor da escola, Marcos Lima afirma que essa é uma oportunidade de "ensinar e aprender sobre os povos africanos e indígenas de forma coletiva e lúdica".

A sociedade de Iracema e os jaguaribanos estão convidados a visitar e participar deste momento único de conhecimento e aprendizado.

 

A programação será a seguinte: As turmas do turno manhã apresentará no horário da manhã de 7:30 às 11:00; à tarde, será de 13:30 às 17:00 e à noite será a vez da turma extensão de matrícula, na praça pública na comunidade Quilombola de Bastiões das 18:00 às 22:00. Portanto, não perca essa grande festa de conhecimentos e equidade racial.

II GINCANA AFRICANA E INDÍGENA DO PROJETO SENTINDO NA PELE DA EEM DEPUTADO JOAQUIM DE FIGUEIREDO CORREIA- 2017

TEMA: AFRICANOS E INDÍGENAS, UM SÓ POVO!

REGRAS DA GINCANA QUANTO:

AS TAREFAS:

A Gincana será dividida em três tipos de tarefas:

I- TAREFA CUMPRIDA

II- TAREFA CULTURAL

III- SURPRESA

DAS REGRAS DA GINCANA:

AS EQUIPES

 Cada equipe será conhecida pelo um nome de um dos aspectos da história e da cultura africana e indígena, listados abaixo e serão sorteadas pela coordenadoria do projeto Sentindo na pele.

 Cada sala terá um professor diretor de turma, que será o coordenador geral da sala;

 As equipes serão compostas por toda a sala, sendo que 09 alunos e 01 professor diretor de turma e coordenador da equipe, responderão pela sala inteira e a representará na apresentação das tarefas no palco;

 As equipes deverão se inscrever na gincana, apresentando o professor diretor de turma, como coordenador da própria equipe ou sala, além dos 09 alunos que representarão a sala na apresentação das tarefas, trazendo os nomes de cada um dos nove (09) membros que comporão a sua equipe.

 Ao se inscrever, a equipe já receberá do professor diretor de turma, coordenador geral da sala, o nome da equipe, sorteados de um dos aspectos da história e da cultura afro brasileira, tais como:

1. Culinária indígena
2. Dança africana e indígena
3. Música africana e indígena
4. Literatura infantil africana;
5. Lendas africanas;
6. Fauna africana;
7. Pintura Indígenas
8. Tribos Indígenas africanas;
9. Esportes africanos e indígenas
10. Agricultura africana e indígena
11. Vestimentas africana;
12. Personalidades negras africanas.

 As equipes deveram vir caracterizadas de acordo com atemática da sua sala, para serem apresentadas aos presentes, com a finalidade de serem reconhecida, sendo que uma das tarefas surpresas terá relação com essa regra.

 As equipes deverão se organizar por sala e cada sala estará concorrendo uma com a outra, por isso deverão se respeitar mutuamente, não podendo se aproveitar do espírito de competição para denegrir, proferir palavrões ou discriminar os membros das demais equipes.

 As equipes deverão lembrar, que o objetivo do projeto e da gincana, é superar o preconceito racial, começando dentro da escola. Portanto, quaisquer que sejam os desrespeitos, implicarão na eliminação IMEDIATA da equipe, sem qualquer chance para interferência na decisão da coordenação do projeto sentindo na pele.

 Nenhum membro da sala, exceto os 09 alunos e o professor que representa a equipe, poderá ficar no palco na hora apresentação das tarefas.

 Não poderão questionar a veracidade das apresentações das outras equipes, só porque discordam com A ou B, sob pena de perder 50 pontos por cada confusão criada.

 As tarefas serão avaliadas por um grupo de avaliadores, que não fazem parte da escola.

 COMO SERÃO AS TAREFAS

 TEMPO: As tarefas de dança e teatro, serão 10 minutos para se apresentar; já as demais, serão 05 minutos e de forma artística.

Tarefas cumpridas:- são aquelas que as equipes cumprirão antes da gincana, apresentando-as apenas no dia do evento. Serão cinco:

 Primeira tarefa: Apresentação da equipe. Cada sala apresentará sua equipe com criatividade, utilizando-se do tema de acordo com o aspecto sorteado pela coordenação da gincana. Se todas as equipes apresentarem todas as tarefas levarão a pontuação geral dessa tarefa. Deixando de apresentar alguma dessas, não pontuam na tarefa.

Ex. Quem for sorteado com romance africano, apresentará aspectos que pesquisou sobre esse assunto. Ex: uma obra e um escritor; ou encenação de um romance. Só ganhará essa tarefa se a equipe estiver caracterizada e apresentar a sua temática de forma que a platéia os reconheça. Pontuação: 100 e terá até 10 minutos.

 Segunda tarefa: Cada equipe deverá apresentar uma curiosidade do aspecto da cultura da qual foi sorteado. Ex: quem foi sorteado com culinária indígena, apresentará uma curiosidade da culinária indígena. (poderá ser objeto, vestimentas, documento, obra de arte, e). Pontuação: 100 e terão até 05 minutos.

 Terceira tarefa: A equipe deverá apresentar um resumo histórico em forma de discurso da história do aspecto do qual a sala foi sorteado. Ex: Se foi sorteado com música terá que apresentar em forma de discurso a história da música, de maneira que convença aos avaliadores. Para essa tarefa ser cumprida, a equipe precisa convencer os avaliadores que dirão se valeu ou não na hora que terminar a apresentação. Pontuação: 50
E terão até 05 minutos.

 Quarta tarefa: a equipe deverá apresentar uma menina ou menino que tenha cabelo crespo, para completar a frase ‘eu tenho orgulho do meu cabelo porque... (para essa tarefa a equipe poderá usar a criatividade e abusar dos enfeites africanos nos cabelos). Pontuação: 100 e terão até 05 minutos.

 Quinta tarefa: Cada equipe deverá criar uma maquete sobre como imagina a África, explicando-a. Pontuação: 100 e terão até 05 minutos.

 Tarefas Culturais - são aquelas que envolvem a cultura ou os costumes de um povo. Essas tarefas só terá um vencedor, embora todos pontuem. São cinco:

 Primeira tarefa: a equipe deverá criar um RAP com a temática: Sou negro, e dai? Ganhará o rap mais criativo e que não fuja da temática. Além dos 5º pontos o melhor RAP, será divulgado na página do projeto, na página da escola e será exibido no programa Palavra Jovem. Pontuação: 50 e terão até 05 minutos.

 Segunda tarefa: QUIZ DO CONHECIMENTO- as equipes deverão estudar os aspectos pelo qual foi sorteado, sabendo que a s perguntas serão de acordo com a temática que foi sorteada cada equipe. Serão 02 rodadas e não pode repetir os membros. Os alunos que responderam ao QUIZ deverão ser escolhidos pela equipe. Pontuação: 100 e terá até 10 minutos

 Terceira tarefa: A equipe deverá apresentar uma encenação, demonstrando repúdio ao preconceito de cor. Nesta cena, deverá ser abordada uma situação em que o preconceito de cor não seja impedimento para que a pessoa consiga ser bem sucedida em qualquer situação na vida. Ganhará a equipe que for mais criativa e coerente com a temática. Pontuação: 100 e terá até 10 minutos.

 Quarta tarefa: a equipe deverá apresentar um mapa africano, criativo, incluindo quaisquer elementos da fauna, flora ou da cultura da África, que poderá ser feito em forma de maquete, pintura, desenho etc. Pontuação: 50 e terá até 05 minutos

 Quinta tarefa: a equipe deverá apresentar um aluno ou aluna, caracterizado de um mito ou lenda indígena ou africana, de modo que a equipe possa explicar que caracteres representam essas lendas ou mitos. Serão julgadas originalidade, criatividade e coerência com a narrativa. Pontuação: 100 e terá até 05 minutos

 Tarefas surpresas: são aquelas como o próprio nome já diz: surpresa! Só saberão no dia da gincana. Serão 03 tarefas. Pontuação: 150

 PONTUAÇÃO GERAL: 1.000

 PREMIAÇÃO:

 A equipe que obtiver a maior pontuação, será a grande campeã e ganhará um troféu e um prêmio para toda a sua turma e o professor coordenador. Os segundos e terceiros lugares, os 09 membros e o professor, ganharão medalhas..

 

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Socorro Lopes

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também