TV Jaguar

Postado em 26/01/2018 às 15:20:00

compartilhar

Aracati é a primeira cidade do interior a receber sistema de videomonitoramento

Aracati é a primeira cidade do interior a receber sistema de videomonitoramento

Aracati vai ser a primeira de 38 cidades cearenses a receber o sistema de videomonitoramento integrado de segurança que vai reforçar a segurança no Interior do Estado. A medida visa interligar informações e focar no enfrentamento à criminalidade nos municípios com população acima de 50 mil habitantes.

O lançamento do videomonitoramento em Aracati será simultâneo à instalação no município do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). O governador Camilo Santana e a cúpula da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) participam do momento, a partir das 9 horas deste sábado (27), em frente à Igreja Matriz.

O projeto de videomonitoramento prevê a instalação de cerca de 700 câmeras em 38 cidades com população acima de 50 mil habitantes do Ceará. O investimento anual do Governo do Ceará na disposição das câmeras e operação do serviço é da ordem de R$ 20 milhões para as 38 cidades.

"Agora, todas as cidades que receberem o Raio terão um sistema de monitoramento eletrônico com câmeras interligadas à Ciops (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança) para auxiliar na segurança pública dos municípios do Ceará", informou o governador Camilo Santana, durante bate-papo com a população via Facebook, na última terça-feira (23). Na ocasião, ele inseriu São Gonçalo do Amarante na lista de municípios contemplados, em virtude da grande movimentação da cidade.

Serão 17 câmeras dispostas por pontos estratégicos de Aracati. Os equipamentos se dividem entre os de monitoramento de imagens, com giro de 360º, e os que possuem tecnologia para ler placas de veículos, identificando os carros roubados e enviando sinal para as autoridades.

Monitoramento em todo o Estado
Os municípios contemplados serão: Maracanaú, Maranguape, Eusébio, Acaraú, Crato, Caucaia, Aracati, Morada Nova, Quixadá, Itapajé, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Baturité, Russas, Iguatu, Juazeiro do Norte, Barbalha, Icó, Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Horizonte, Pacajus, Pacatuba, Itapipoca, Sobral, Camocim, Canindé, Granja, São Benedito, Viçosa do Ceará, Tianguá, Trairi, Crateús, Acopiara, Boa Viagem, São Gonçalo e Tauá.

As cidades serão divididas em cinco grandes centros de captação de imagens; Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte, Tauá e Quixadá. Estes centros servirão como backups para as câmeras dos municípios da região, bem como ligarão os efetivos para casos em que se necessite de reforço no atendimento de ocorrências. A central de Fortaleza terá acesso a todas as câmeras do Estado.

Para além do reforço nas ações de prevenção e enfrentamento, uma das metas é reduzir os roubos a instituições bancárias no Interior, visto que a movimentação estranha de veículos durante a noite será reportada imediatamente às autoridades.

BPRaio

Aracati é a primeira cidade do Litoral Leste a receber o grupamento de polícia motorizada. A cidade vai contar com a atuação de 37 policiais do BPRaio, divididos em seis equipes e comandados por um oficial da Polícia Militar. O grupamento terá 16 motos e uma viatura 4x4 exclusivos para auxiliar no policiamento ostensivo na cidade. O investimento em equipamentos e veículos é de cerca de R$ 900 mil – sem contar com a sede exclusiva do Batalhão, em parceria com a Prefeitura de Aracati.

O reforço do BPRaio integra a segunda fase de ampliação do batalhão especializado, após a regionalização que instalou nove bases em cidades-polo do Interior. Agora, municípios com mais de 50 mil habitantes já passam a receber o Batalhão, como quatro cidades da Região Metropolitana de Fortaleza: Eusébio, Maranguape, Maracanaú e Caucaia. Além de Crato, no Cariri; e Acaraú, no Litoral Norte.

 

 

Fonte: tv jaguar/ ASCOM-GOVERNO

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também