TV Jaguar

Postado em 23/02/2018 às 17:00:00

compartilhar

Em Quixeré, já chega à 500 o número de agricultores que receberam a titularidade da terra.

Em Quixeré, já chega à 500 o número de agricultores que receberam a titularidade da terra.

O Governo do Estado do Ceará, através do Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará IDACE, da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado, e da Prefeitura Municipal de Quixeré, realizaram na sexta-feira, 23 de fevereiro, no Ginásio Poliesportivo da escola Raimundo Nonato de Sena, a entrega de títulos de posse da terra aos beneficiários do programa de cadastro e regularização fundiária do estado do Ceará.

Do município prestigiaram o evento o prefeito Raimundo Santiago Bessa, o vice-prefeito Betinha, a primeira dama Eliete Fernandes, vereadores da Câmara de Quixeré, assessores, Secretários de Agricultura Raimundo Ivo, entre outros secretários, e a comunidade em geral que compareceram para pegarem seus documentos oficiais de suas propriedades rurais.

O evento realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará e seus parceiros, contou com a presença do secretário Dedé Teixeira, do articulador institucional do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) Flamarion Alencar, do presidente do IDACE Cirilo Pimenta, Marcus Salles, presidente do INCRA, da deputada estadual Adelândia Noronha e do coordenador Regional da FETRAECE José Miramar (popular Bira).

Em Quixeré já foram entregues aproximadamente 500 títulos de propriedade, cerca de 270 em solenidade anterior e mais 213 nesta sexta-feira (23). Em 2017 foram entregues em todo o Ceará mais de 17.000 documentos de propriedades rurais. Já em 2018, só nos primeiros dois meses foram entregues mais de 6.000 títulos de posse, estando mais de 7.000 esperando apenas a assinatura do presidente do IDACE para ser impresso e entregue.

Segundo o secretário Dedé Teixeira, até o fim de 2018, cerca de 70% dos proprietários de terras beneficiados pelo programa de cadastro e regularização fundiária estarão com os documentos de suas terras em mãos, inclusive os agricultores da região de Alto Sando e Tabuleiro do Norte, onde as medições foram prejudicadas e o Governo teve de acionar outra empresa para dar andamento ao serviço.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Arnaldo Freitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também