TV Jaguar

Postado em 25/04/2018 às 16:00:00

compartilhar

BRASIL - “JUSTIÇA???...”

BRASIL - “JUSTIÇA???...”

Sentimo-nos enojados e indignados ao testemunhar logo a dita "Corte Maior" da Justiça do País nesse mar de controvérsias e inconsequências, pior que muitas vezes com ofensas públicas entre si (pertinentes), como também à falta de definições conclusivas quando mais se precisa inclusive no interesse do País, como também da própria Justiça cuja credibilidade atualmente demonstra-se discutível. Não bastasse a lerdeza crônica, perniciosa que culmina até com prescrições de processos (um crime hediondo!) e que esses desleixos se revertem em benefícios dos que delinquem e continuam livres para agir - temos vários casos (“A Justiça atrasada não é justiça; senão injustiça qualificada e manifesta – Rui Barbosa.”) - pelo que testemunhamos e de algum tempo, são guerrinhas e agressões pessoais que nos levam a pensar “em quem confiar dentre os integrantes do STF; alguns são dignos de ocupar cargo de tamanha relevância?”

A nosso entender, com o que também não nos conformamos, é como os ministros são nomeados por INDICAÇÕES POLITIQUEIRAS quando deveria ser por MÉRITO pessoal mediante CONCURSO PÚBLICO. Ainda mais, é como as tais decisões MONOCRÁTICAS são (na prática – vários deliberam prender e um apenas soltar) preponderantes em um órgão COLEGIADO onde, a nosso ver, deveriam prevalecer as decisões colegiadas e por MAIORIA ABSOLUTA, exclusivamente! Fim das decisões monocráticas!!! E tem mais, o que realmente se demonstra preponderar é o critério pessoal, controvertido por vezes, ou deveria ser, imprescindivelmente, o disposto na Lei Maior – CONSTITUIÇÃO e demais instruções pertinentes que por vezes se demonstram relegadas a segundo plano ante a interpretação PESSOAL de cada dos incumbidos de decidir? Se ministros interpretam e deliberam com base nas suas convicções e conveniências pessoais (muitas vezes não convincentes e distanciadas das expectativas da Nação) então para que o colegiado? Já não bastam também os ABUSIVOS e EXCESSIVOS recursos apelativos, meramente protelatórios e que só beneficiam os que delinquem? A posição do STF, neste caso é deplorável e comprometedora, podendo dai derivar em ações de adversidades e descontentamentos que culminem até com o desejo do fechamento dos nossos combalidos Poderes que, a nosso entender, já tardiamente, atentemos!

Corrupção vem do latim "corruptus", que significa quebrado em pedaços. O verbo corromper significa “tornar pútrido”. A corrupção pode ser definida como utilização do poder ou autoridade para conseguir obter vantagens e fazer uso do dinheiro público para o seu próprio interesse, de um integrante da família ou amigo. Ação ou efeito de corromper; sedução, suborno, decomposição, putrefação, depravação, desmoralização, devassidão. Resumindo: tudo aquilo que os CORRUPTOS fazem, e com naturalidade e seríssimas consequências para o povo, é merecedor de penas severíssimas, sem condescendências e quaisquer privilégios, inclusive celas especiais e progressão penal, além do alijamento definitivo da vida pública. ACORDEMOS E COBREMOS!

 

 

Fonte: Tv Jaguar / José HILDEBERTO Jamacaru de AQUINO

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também