TV Jaguar

Postado em 21/04/2018 às 07:00:00

compartilhar

13ª Sessão Ordinária do 1º período legislativo de 2018 da Câmara Municipal de Morada Nova.

13ª Sessão Ordinária do 1º período legislativo de 2018 da Câmara Municipal de Morada Nova.

A sessão começou sob a presidência do vereador Jorge Brito, o qual, depois de evocar a proteção divina, declarou abertos os trabalhos. Jorge propôs que todos ficassem de pé para, juntos, entoarem o hino do município e, após um minuto de silêncio em favor das pessoas falecidas na semana, em solidariedade aos seus familiares, o presidente passou a palavra para o primeiro secretário, vereador Marcos Aurélio, para que o mesmo fizesse a leitura da Ata da sessão anterior e do expediente do dia.

Grande Expediente:

Vereador Neto da Sinuca, ao assumir a tribuna acolheu os colegas, assim como os demais que acompanham a sessão, socializou o que esteve na comunidade de Vazantes, onde, constatou que o posto de saúde daquela Bairro encontra-se em situação precária, pois, não dispõe “Nem de Bebedouro, nem ar condicionado no consultório médico, até o birô tá quebrado, inclusive a caixa da água precisa de reforma e ainda não dispõe de dentista, visto que as pessoas das Vazantes pra ser atendida pelo dentista, tem que se deslocar para o posto do DNOCS” (sic).

Quanto a greve do servidor público municipal, mais precisamente dos Professores, Neto sugeriu “É colocar nas mãos de Deus e da Justiça” quanto a expectativa com a chegada do BP-RAIO, considera positiva, mas, assegurou que a população precisa mesmo é de professores, porque “Os alunos sem aula fico nas ruas e era para tá na escola” disse, “Tudo que tá acontecendo a culpa é do prefeito” (sic), lamentou, ”Agricultores estão morrendo e ninguém toma providência” se referindo a dois irrigantes (pai e filho), que foram a óbito nesta semana no perímetro irrigado de Morada Nova, os mesmos desceram em um poço para fazer manutenção, suspeita-se que a causa da morte seja asfixia, é triste lamentável” (sic).

O episódio está se tornado recorrente, visto que em 2017 no Sítio Conceição morreram dois agricultores em condições similares, o vereador lembrou que no mesmo período outros dois também foram acometidos dessa triste sina, assim, somam-se seis famílias que choram suas perdas, possivelmente envenenados com gás tóxico que se acumula no interior desses Poços, “As autoridades não vem fazendo nada” disse, Neto criticou a situação da rua em frente ao INSS, próximo ao SINDSEP e a Secretaria de Obras que está intransitável. Afirmou.

Disse que o mesmo acontece em outros bairros “Já é hora de tomar uma providência, estamos numa época de tapa-buraco, isso acontece em quase todo bairro” disse Neto ao finalizar sua intervenção.

Vereador Marcos da Ana Cristina acolheu os colegas, as famílias de Morada Nova, em seguida afirmou comungar com as observações do colega Neto que o antecedeu “É verdade que as estradas estão com problemas”, mas, entende que em geral as chuvas são bem-vindas “Quero assegurar que o secretário Marcondes Nobre não para” agradeceu ao Deputado Guimarães pela verba destinada a perfuração em um poço no Sítio Conceição, destacou, Marcos entende que o prefeito Vanderley está comprometido com a construção de uma ponte no perímetro irrigado de Morada Nova, objetivando dar mobilidade a aquelas famílias, lembrou que a gestão está trabalhando em todas as regiões, buscando viabilizar a recuperação das vias de acesso vicinais e outras providências.

Em função da presença de professores na galeria da casa, Marcos da Ana que é líder do prefeito na câmara, fez referência ao dinheiro do FUNDEF, afirmou ser intenção do prefeito pagar sem precisar recorrer a justiça, pois, já escutou por algumas vezes o próprio sinalizando neste sentido. O vereador que também é advogado esclareceu ser desnecessário o SINDSEP contratar advogado, pois, uma vez que a união perdeu a causa na justiça, os profissionais operadores do direito já ganharam 20% do montante, agora, caso sindicato opte por judicializar ao invés de um acordo com a gestão, irar pagar no mínimo mais 20%, considerando um absurdo o recurso ser destinado 40% para honorários advocatícios.

Lembrando Marcos que, conforme a lei do FUNDEB a restituição deve ser 60% para os professores e 40% para outras atividades afins na área de educação. Finalizou.

 

Vereador Dr. Narcélio, manifestou seu apoio à causa dos professores, seguindo a mesma linha de seu pronunciamento na seção próxima passada, afirmou “O município está com as contas no vermelho e o prefeito continua contratando, o presidente Jorge Brito manifestou-se favorável acionar o Ministério Público através de uma ação, para verificar até que ponto tem amparo legal essa atitude do prefeito Vanderley Nogueira” (sic), Narcélio ressaltou que as contratações que venham ser justificadas, são toleráveis, pois, entende que alguns cargos são necessários, porém, “Aquelas que se caracterizam como empreguismo eleitoreiro não se concebe” disse.

O vereador que também é médico criticou duramente a falta de estrutura básica no Hospital Regional Galvão de Oliveira – HRGO, pois, segundo ele está faltando monômetro no tubo de oxigênio, os colchões também já estão sem serventia, médicos plantonistas não cumprem o horário integral, Narcélio afirmou ainda, que depois de sua denúncia foi colocado de improviso capas nos colchões, o parlamentar disse em tom de ironia “Fala-se em melhoria no Hospital Regional, mas, a melhoria que se observa foi conquista da gestão passada” continuou com suas observações reafirmando que uma paciente estava na sala de cirurgia, precisou de oxigênio e observou-se que não tinha o monômetro acoplado ao equipamento, fizeram um arranjo reiterou a denúncia contra os plantonistas que segundo o Vereador, nas quartas-feiras costumam chegar depois das 10 horas da manhã, denunciou que no carnaval, o Hospital Regional de Morada Nova ficara 24 horas sem plantonista, “Quem quiser achar que é politicagem, que ache, mas, estamos aqui para defender os pacientes” finalizou o vereador que é da bancada de oposição.

Vereadora Raquel Girão, a parlamentar se mostrou grata a Deus pelas chuvas, lembrando que foram quase seis anos de escassez, disse que na região do Roldão está com dificuldade de acesso, todavia, entende que jamais deixará de reconhecer a importância e a bondade de Deus. Raquel socializou que a sinalização vertical e horizontal já está sendo feita nos principais logradouros da cidade de Morada Nova e que foi uma solicitação sua junto ao deputado Lucílvio Girão, agradeceu a força-tarefa integrada a várias secretarias coordenada pela Defesa Civil do município que vem socorrendo as vítimas atingidas pela chuva, especialmente nos bairros: Pedra-e-Cal, Padre Assis e na parte baixa do Parque de Exposições. Informações dão conta que 70 famílias foram removidas das áreas de risco nesses últimos dias.

A parlamentar manifestou sua alegria com a chegada do Batalhão de Polícia RAIO, todavia, entende que o ideal seria que estivessem priorizando as medidas sociais, mas, reconhece que o combate a violência já se tornou indispensável, lamentou. Dirigiu-se ao colega Narcélio, afirmando não proceder muito do que o mesmo afirmou, esclareceu haver Dois milhões destinado a estruturação do Hospital Regional Morada Nova, quanto aos plantões, afirmou que isso acontece, porque, a maioria dos médicos atende em outros municípios, Raquel rebateu a denúncia de Narcélio sobre o carrinho de cirurgia, “Também não procede, pois o mesmo está funcionando, quanto ao monômetro, já foi resolvido, inclusive hoje tem uma caixa de reserva” (sic).

Raquel aproveitou para dizer que tem recebido muitas denúncias da Fundação São Lucas, como por exemplo, “O monitor cardíaco está com defeito” sugeriu fazer fiscalização não só no Hospital Regional, mas, também na Fundação São Lucas, dirigindo-se ao colega Neto afirmou “Vossa excelência tem feito muitas visitas, isso é louvável, mas, me entristece, pois, a comissão que foi criada para visitar o hospital não apareceu se quer um vereador de oposição”.

Prosseguindo com sua intervenção, Raquel propôs que o transporte sanitário deveria dispor de uma cadeira de rodas para locomoção dos pacientes mais graves, pois, entende que este equipamento é de suma importância, principalmente quando se trata da remoção de idosos entre o transporte e o local de atendimento. Finalizou.

Vereador Jorge Brito, na condição de presidente da Câmara acolheu os colegas de ambas as bancadas, o público que ocupa a galeria e os demais que acompanham a presente sessão pelos canais de comunicação social. Jorge confirmou ter dialogado com o Vereador Narcélio e disse concordar com a proposta de recorrer ao Ministério Público para aferir se realmente existe demanda para contratação de cargos comissionados, subscreveu o lamentável episódio resgatado pelo colega Vereador Cláudio Maroca e disse “Realmente estive há três anos fazendo um visita no Hospital Regional (Na gestão passada), e chamaram a polícia para me prender, eu estava com a lei que garante o nosso livre acesso como parlamentar, para fiscalizar os serviços prestados à população, inclusive o Dr. Paulo Sérgio partiu pra cima do cinegrafista Níbio para tomar a câmera” (sic) lamentou.

Brito voltou a falar da denúncia feita pelo vereador Narcélio, “Estou de acordo” se referindo as contratações, “Se tiver errada, o Ministério Público dirá”, disse confiar muito do trabalho do MP, porém, “lamento que este não tenha se posicionado de forma mais clara com relação a greve dos Professores que já caminha para quase dois meses” Jorge Brito reiterou que na gestão passada foi impedido de exercer suas funções como parlamentar, ao tentar visitar o Hospital Municipal, “Hoje temos livre acesso ao Hospital Regional e estamos realizando visitas sem nenhum obstáculo”.

Agradeceu ao Ministério Público na pessoa do Defensor Adriano, dizendo que o mesmo sempre o atendeu com muita cortesia e que, recebeu muitas orientações do referido Promotor, em seguida, Jorge solicitou ao funcionário casa, Alex, para projetar no painel eletrônico as fotografias que foram geradas durante a visita ao Hospital Regional de Morada Nova, para que a população possa constatar a real situação do referido equipamento e assim fazer o seu juízo.

Como nada mais havia a ser debatido, o presidente declaro por encerrado a presente sessão convidando a todos para acompanhar a próxima, prevista para acontecer em 27 de Abril no corrente ano. Finalizou.

 

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Marfreitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também