TV Jaguar

Postado em 01/05/2018 às 06:00:00

compartilhar

Oposição a reforma trabalhista e apoio a Lula une centrais sindicais

Oposição a reforma trabalhista e apoio a Lula une centrais sindicais

As lutas trabalhistas, que historicamente marcam o 1º de maio, em 2018, apontam um novo momento dos movimentos de trabalhadores do Brasil. Amanhã, além da reforma trabalhista aprovada pelo presidente Michel Temer no ano passado, centrais sindicais se reúnem em diversos estados contra a prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva no dia 7 abril.

Na Capital, será realizado no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, a partir das 15h, ato unificado das frentes Brasil Popular - Ceará e O Povo Sem Medo, Central Única dos Trabalhadores (CUT-CE), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-CE) e a Intersindical Central da Classe Trabalhadora. Pela manhã, ocorrerá também um seminário.

Segundo a CUT-CE, atos também deverão acontecer no interior do Estado. Em Iracema, acontece a “Carreata dos Trabalhadores” a partir das 7 horas, na Praça Casimiro Costa (Praça da Mangueira). Às 10 horas, inicia o “1º de maio Unificado do Vale do Jaguaribe”, no Posto alternativo, em Tabuleiro do Norte. Já em Caucaia, o dia deverá ser marcado pelo encerramento do “2º Acampamento Estadual do Levante Popular da Juventude”.

Curitiba, capital onde Lula está preso na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) desde 7 de abril, deverá registrar grande protesto a partir das 14h, na Praça Santos Andrade. O ato será encabeçado pela CUT, CTB, Força Sindical, Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e Central Sindical e Popular (CSP Conlutas).


De acordo com a CUT, representantes de partidos políticos do Senado e da Câmara Federal estarão presentes no ato da capital paranaense. Entre eles, a presidenta do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, e os líderes petistas no Senado, Lindberg Farias, e na Câmara, Paulo Pimenta.

Em São Paulo, a CUT, CTB, Intersindical e os movimentos que compõem as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo se unem na Praça da República, região central da maior cidade do País, a partir das 12h. Segundo a CUT, entre as atrações musicais que participam do ato, a banda Liniker e os Caramelows, a rapper Preta Rara e a sambista Leci Brandão.

No Rio de Janeiro, a CUT promoverá o “Bloco da Democracia”. O protesto está marcado para começar às 14h na Praça XV (próximo a Rua do Mercado), e terá programação com esquete teatral, batucada e caminhada pelo Boulevard Olímpico até a Praça Mauá.

Na capital federal, a CUT Brasília promove o “1º de Maio da Classe Trabalhadora”, junto às Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo. Neste ano, o evento ocorre próximo à Esplanada dos Ministérios, às 9h.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / opovo-online

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também