TV Jaguar

Postado em 07/05/2018 às 09:00:00

compartilhar

Celebração no Auto do Acauã marca a abertura dos festejos de 80 anos da Diocese em São João do Jaguaribe.

Celebração no Auto do Acauã marca a abertura dos festejos de 80 anos da Diocese em São João do Jaguaribe.
Auto do Acauã, São João do Jaguaribe

Abrindo o ano jubilar de 80 anos da Diocese de São Miguel Arcanjo, sediada em Limoeiro do Norte, e os festejos de 101 anos de aparição da Nossa Senhora de Fátima, a paróquia de São João Batista, da cidade de São João do Jaguaribe, reuniu fiéis e admiradores para reviver a história, em uma celebração eucarística realizada aos pés do monte Acauã, onde padres jesuítas fincaram um cruzeiro e rezaram uma missa por volta do ano de 1760. Conta a história, que por volta do ano de 1760, dois padres jesuítas que fugiam da perseguição do Marquês de Pombal nas terras da Paraíba, encontraram pouso e segurança sob a proteção do procurador das terras do patrocínio de São João Batista. Em agradecimento, estes religiosos celebraram um missa, que possivelmente tenha sido a primeira missa daquela região.

O evento religioso, de resgate histórico da Igreja Católica e da própria localidade de São João, aconteceu no domingo 06 de maio, com a concentração dos fiéis em frente a Igreja Matriz às 5h30m da manhã,  com a caminhada pelas comunidades rurais, até o monte Acauã, onde foi celebrada uma missa aos pés do monte, onde foi fincado o Santo Cruzeiro pelos padres jesuítas. 

Após a celebração o Padre Roberto Ferreira, subiu o serrote, e benzeu o novo cruzeiro de ferro, com seis metros de altura.



Na oportunidade nossa reportagem conversou com o Padre Roberto, com filho nato de São João, o historiador Luiz Nobre, a ex-vereador Creuza Chaves e o médico Antônio Carlos Chaves. Eles enfatizaram a importância de celebrar e resgatar a história de São João e do vale, bem como da manutenção da romaria ao Santo Cruzeiro, como destaque no turismo religioso colaborando para o desenvolvimento da cidade e da região.

 

 

Fonte: Tv Jaguar/ Arnaldo Freitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também