TV Jaguar

Postado em 11/06/2018 às 17:00:00

compartilhar

Prefeito conversa com moradores e promete buscar solução para a ocupação de casas populares em Limoeiro.

Prefeito conversa com moradores e promete buscar solução para a ocupação de casas populares em Limoeiro.

Desde que se tornou público, a TV Jaguar cumprindo seu dever social vem acompanhando de perto o problema das 12 famílias que há mais de dois meses ocupou um conjunto residencial no Bairro Antônio Holanda de Oliveira (Cidade Alta), com 12 residências, inacabadas e abandonadas, em virtude de problemas judiciais entre a construtora e a gestão municipal do então prefeito João Dilmar da Silva.

Dando voz aos moradores, nossa reportagem participou dos manifestos onde os ocupantes cobraram do poder público municipal, o direito de permanecerem nas moradias alegando não terem onde morar nem como pagar aluguel. Cobrimos a reunião com a presença da Defensora Pública, Maiara Mendes. Onde segundo ela, uma articulação estava sendo realizada com o intuito de ser dada uma decisão jurídica e politicamente justa ao problema de cunho social. 

O movimento de ocupação das casas inacabadas da Cidade Alta tem o apoio de centrais sindicais, como a CONLUTAS, Cáritas Diocesana e movimentos sociais da Igreja Católica, Câmara de vereadores e FAFIDAM, unidade acadêmica da UECE em Limoeiro do Norte, que entendem que em situações conflituosas o diálogo é a melhor solução para o problema, para isso, eles requereram do executivo na pessoa do prefeito José Maria Lucena, a realização de uma audiência com as famílias objetivando estabelecer uma solução de diálogo.

Demonstrando boa vontade de resolver o problema sem prejuízos para as famílias carentes ou para o município. No final da manhã do sábado (09), o prefeito José Maria Lucena foi até as casas ocupadas para ouvir as reivindicações dos moradores, buscar uma solução racional para o problema e levar uma palavra de conforto e esperança de dias melhores as famílias que carecem de moradia com dignidade e o mínimo de conforto.

Sentado em tijolos em um barraco de lona, o prefeito se comprometeu em marcar uma reunião com a superintendência da Caixa Econômica em Fortaleza para quarta-feira (13), onde na presença da Comissão formada por ele, os vereadores Flaubert e Washington e representantes dos ocupantes, o prefeito se comprometeu que irá fazer o possível para que a Caixa permita que as famílias continuem com as casas. Mas, explicou que terá que concluí-las, e para isso as mesmas terão que serem desocupadas.

Já a questão do terreno, Zé Maria explicou que está trabalhando no projeto de um grande loteamento para 300 casas, que deveram contemplar as pessoas que realmente carecem de moradia popular de cunho social. Antes de ir embora, o prefeito ainda garantiu as famílias que ocupam as casas na Cidade Alta que nenhuma ação judicial deverá ser executada contra eles até que a Direção da Caixa Econômica dê uma palavra final e anunciou que está lutando por uma Areninha nas proximidades do loteamento.

 

 

Fonte: Tv Jaguar/ Arnaldo Freitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também