TV Jaguar

Postado em 15/06/2018 às 19:20:00

compartilhar

Diocese de Limoeiro emite Nota de Esclarecimento sobre a transferência do Padre Djavan da Silva

Diocese de Limoeiro emite Nota de Esclarecimento sobre a transferência do Padre Djavan da Silva

Caros fiéis das Paróquias: Menino Jesus (Alto Santo) - N. Sra do Perpétuo Socorro (Potiretama).

A transferência de um padre não é um acontecimento inusitado na vida da Igreja diocesana e geralmente se dá por razões pastorais e para atender as necessidades da Igreja particular. Logo após assumir a diocese no dia 29.07.2017, aos 02.08.2017, o então Pe. Almir, pároco da Paróquia de Alto Santo, procurou-me para comunicar que estava deixando a referida paróquia, pois decidiu abandonar o ministério presbiteral. Na ocasião, dada a urgência, ele mesmo sugeriu que o Pe. Djavan provisoriamente desse uma assistência também à paróquia de Alto Santo, uma vez que trabalhava na paróquia vizinha, em Potiretama. Diante da situação de emergência, e de comum acordo com o Pe. Djavan da Silva nomeei-o aos 31.08.2017 administrador paroquial de Alto Santo. Porém, com o compromisso de o mais breve possível providenciar um padre para assumir a paróquia visto que era impossível para o Pe. Djavan da Silva ficar com as duas paróquias diante das inúmeras demandas e necessidades pastorais de ambas.

Desde setembro de 2017 estamos buscando alguma solução diante das inúmeras solicitações do Pe. Djavan da Silva que reconhecia ser impossível continuar nesse ritmo de atividades. Em Dezembro 2017, em contato com o superior de uma congregação religiosa, apresentei a proposta de eles assumirem Portiretama, contudo diante das exigências de ordem econômica por parte da congregação para liberar um padre para esse fim, tornou-se inviável firmar o contrato pois a paróquia de Potiretama, segundo o próprio pároco a partir de sua experiência, não estava ainda em condições financeiras de prover condições básicas para um padre residente. Tanto que o Pe. Djavan ao assumir Alto Santo começou a residir na sua casa paroquial, por causa da situação precária de Portiretama.

Aos 22.04.2018, em nome do superior Geral dos Servos dos Sagrado Coração, o Pe. Klébio manteve contatos pessoais comigo, apresentando o projeto do seu Instituto de assumir alguma paróquia na diocese de Limoeiro do Norte, um desejo já do meu antecessor. Estudando as condições reais e concretas das duas paróquias em questão, achou-se por bem que o Instituto dos Servos assumisse a paróquia de Alto Santo, onde residiria uma comunidade religiosa deles a qual teria condição de assistir também a paróquia de Potiretama.

Em comum acordo com o Pe. Djavan da Silva, com o Superior dos Servos e eu, decidiu-se acolher a comunidade religiosa dos Servos do Sagrado Coração de Jesus em Alto Santo o que, naturalmente, resultaria na transferência do até então pároco de Potiretama e administrador paroquial de Alto Santo, ficando destinado para outra missão, isto é, vigário paroquial da Paróquia de N Sra. do Rosário em Aracati.

Alguns pontos do processo:

1. Desde minha chegada (29.07.2017) tenho procurado conhecer as várias realidades da diocese de Limoeiro do Norte (paróquias, padres, zonais, etc.). Diante de muitas demandas e necessidades (paróquias extensas, poucos padres, etc.) não é possível dar respostas imediatas. Mas foi preciso estabelecer prioridades (Portiretama e Alto Santo).

2. Desde que o Pe. Djavan assumiu a Paróquia de Alto Santo como administrador paroquial temos procurado juntos uma solução pastoral e administrativa para as duas paróquias (por ex. projeto missionário com religiosas).

3. Pe. Djavan já havia manifestado há algum tempo o seu desejo de não continuar mais na paróquia de Potiretama. Admite que fez um trabalho na paróquia com muita dedicação, mas que já estava chegando o momento de trabalhar em outro lugar, sentia-se cansado e desmotivado.

4. A transferência do Pe. Djavan foi conversada, ponderada, e aceita livremente por ele em vista de um projeto pastoral diocesano com a colaboração da congregação dos Servos do SCJ em vista das duas paróquias, já que no momento não era possível assumir apenas Portiretama, diante da situação de limitação financeira, o que levou a adiar a solução quando se fez a tentativa já mencionada.

5. Antes de estabelecer o contrato com a congregação dos Servos, eu perguntei explicitamente ao P. Djavan se ele tinha alguma objeção de ser transferido de Alto Santo, e que dependia dele também a resolução. Respondeu-me que estava disponível diante das necessidades da diocese e aceitou com muita disponibilidade a proposta.

6. Atualmente é inviável a residência de um padre em Potiretama, por isso o vínculo temporário com Alto Santo; necessidade de dois padres para assistir as duas paróquias.

7. A reorganização da assistência e administração pastoral das duas paróquias dependem exclusivamente da diocese, sem nenhuma interferência alheia.

Conto com a compreensão dos fiéis católicos, e reafirmo o meu compromisso de zelar sempre pelo bem do rebanho a mim confiado, procurando os melhores caminhos para conduzi-lo na fé e na esperança

Dom André Vital Félix da Silva, SCJ

Bispo Diocesano de Limoeiro do Norte

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Assessoria

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também

29/06/29 às 06:30:00

BRASILZILSILZILSILZIL...!!!

25/06/25 às 06:00:00

O Agro envenena e mata!