TV Jaguar

Postado em 08/07/2018 às 07:00:00

compartilhar

Clarão no céu de Limoeiro do Norte assusta moradores

Clarão no céu de Limoeiro do Norte assusta moradores

Na cidade de Limoeiro do Norte, interior do Ceará, município distante 198 Km da capital Fortaleza, moradores da cidade, viram um grande clarão no céu, que fez com que alguns moradores se assustassem com tão grande proporção de luz. O provável acontecimento astrológico, com uma possível queda de um meteoro ou meteorito, se deu por volta das 10:20 da noite do sábado 07 de julho de 2018.

A possível queda de um possível meteoro ou meteorito, trouxe grande espanto e apreensão para alguns dos moradores que puderam presenciar esse raro momento, já que alguns deles, estavam transitando em uma rodovia de acesso a BR 116 e que a mesma é de ligação do centro da cidade ao populoso bairro Antônio Holanda, popularmente conhecido por Cidade Alta, do sitado município.

Ainda segundo relatos pelas redes sociais, populares do município vizinho de Quixeré, distante de Limoeiro 15Km, dizem também ter visto o mesmo clarão cortar o céu do referido município. Abaixo um vídeo que está circulando nas redes sociais, o possível clarão visto na cidade, e algumas cidades do vizinho estado do Rio Grande do Norte.

Meteoritos:
Meteoritos são fragmentos de corpos sólidos do Sistema Solar (como asteroides, cometas, planeta Marte, Lua, entre outros) que após vagarem pelo espaço por milhões/bilhões de anos, atravessam a atmosfera terrestre e chegam até a superfície.

Quando ainda estão no espaço interplanetário são denominados meteoroides; assim que entram na atmosfera terrestre tornam-se incandescentes devido ao atrito com os gases da atmosfera, esse efeito luminoso é denominados meteoro (popularmente conhecido como estrela cadente). A maioria dos meteoros se desintegra completamente durante a passagem atmosférica. Os que chegam até a superfície terrestre são chamados de meteoritos.

A queda de um meteorito é marcada por um meteoro bem brilhante, denominado bólido, e na maioria das vezes escuta-se estrondos e assovios, uma vez que estão em alta velocidade - para se ter uma ideia, um meteoroide entra na atmosfera terrestre com uma velocidade que varia entre 11 e 72 Km/s.

Quando a queda de um meteorito é observada, classifica-se o meteorito como queda (ex.: o meteorito Varre-Sai e Vicência), já quando o meteorito é simplesmente encontrado no campo, ele é classificado como achado (ex.:o meteorito Bendegó). A maioria dos meteoritos catalogados são achados. Os meteoritos caem aleatoriamente na Terra, ou seja, eles caem em qualquer ponto da superfície terrestre e em qualquer momento.

A nossa atmosfera está sendo bombardeada por material cósmico constantemente. Impactos de grandes meteoritos são mais raros, embora tenham ocorrido com frequência durante o processo de formação da Terra, contudo micro fragmentos com 1 mm de diâmetro impactam com a Terra a cada 30 segundos. Estimativas da NASA indicam que cerca de 100 toneladas de material cósmico atinge a atmosfera terrestre diariamente.

 

Possível clarão visto em Limoeiro do Norte 07 de julho de 2018:

 

 

 

Fonte: TV Jaguar/ Jucelino Castro/ Meteoritosbrasil

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também