TV Jaguar

Postado em 10/09/2016 às 07:00:00

compartilhar

Câmara abordou a má qualidade da água na comunidade São João do Aruarú

Câmara abordou a má qualidade da água na comunidade São João do Aruarú
Arquivo/Tv Jaguar

Os vereadores do município de Morada Nova, se reuniram nesta sexta-feira 9 de setembro de 2016, no plenário vereador José Leandro da Silva, da Câmara municipal, para realizarem mais uma sessão ordinária do poder legislativo sob a presidência do vereador José Everardo Maia. Em pronunciamento no pequeno expediente, o vereador Jorge Demétrio de Brito falou sobre a Lei municipal de transparência das contas públicas em tramitação na Casa. O vereador Roberto Meneses ressaltou a importância da lei para o cidadão e para o executivo, e comentou sobre a má qualidade da água na comunidade São João do Aruarú.

Abrindo o grande expediente foi convidado a voltar para a tribuna o vereador Jorge Brito, que deu início as falas e respaldou o ofício do colega Roberto Meneses, frisando que o governo pode resolver o problema com uma adutora projetada para atender toda a região. Da tribuna Jorge voltou a cobrar a recuperação, manutenção e instalação dos poços profundos para que sirvam a atual situação e as gerações futuras.

Em aparte a vereadora Rose Meyre, observou que hoje estava sobrando carro pipa na comunidade de Uiraponga. Mas retomando a palavra, Jorge explicou que o abastecimento favorável comentado pela colega, aconteceu graças à intervenção dos parlamentares e da Casa Legislativa junto ao exército e a operação Carro Pipa. Quanto aos poços de água salgada, o vereador afirmou que a solução é o município buscar junto ao Governo do Estado, um dessalinizador que custa cerca de cem mil reais, o que não representa nada para o tamanho do benefício gerado. Ele comentou ainda sobre seu requerimento direcionado a SOHIDRA, a respeito da conservação de poços, estação de bombeamentos e cata-ventos.

O vereador Cláudio Maroca, lamentou que nesse período as sessões não fossem transmitidas para que todos os candidatos pudessem ouvir seu apelo por uma política em paz respeitando os adversários e eleitores. Sobre o problema da água, lembrou que estamos há 05 anos de seca, e observou que irá fazer um projeto de indicação para que seja elaborado um projeto público para atender com água potável as comunidades carentes, aumentando os reservatórios e ampliando as redes de abastecimento. Para Cláudio, a Casa está desprestigiada, pois mesmo ficando a menos de dois metros da Prefeitura, o executivo não se dará ao trabalho de responder os requerimentos encaminhados pelo legislativo.

O vereador Roberto Meneses, solicitou da mesa diretora que fosse enviado ofícios ao DNOCS, Secretaria de Recursos Hídricos e COGERH, para que estes órgãos olhassem com mais humanidade para os problemas de adutoras na Morada Nova. Também autorizou a colocação do nome do colega Jorge Brito junto ao dele no ofício. Falou ainda sobre a adutora que sai do Lajedo e que beneficia várias outras comunidades do entorno, indo até a comunidade de Boa Água. Solicitou que fosse requerido do SAAE, se seria possível realizar um projeto para abastecer a comunidade de Curralinho, seguindo abastecendo as residências até o Cerrote.

O vereador lembrou problemas de açudes que estão secando e das comunidades que estão às vésperas de ficar sem água. Para Roberto, um açude seria muito importante para as comunidades, mas o problema tem de ser feito em curto prazo, pois as comunidades precisam de água urgentemente. Ao finalizar seu pronunciamento, o vereador se disse envergonhado por em pleno século XXI, ainda existirem localidades de seu município onde impera o mal fadado carro pipa.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Arnaldo Freitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também