TV Jaguar

Postado em 01/07/2019 às 06:00:00

compartilhar

Rompimento da Adutora afeta 20 mil pessoas e 6 mil bovinos, mas os deputados votados na Chapada do Apodi fingem não vê o problema.

Rompimento da Adutora afeta 20 mil pessoas e 6 mil bovinos, mas os deputados votados na Chapada do Apodi fingem não vê o problema.

Cadê os deputados federais e estaduais que ganharam a eleição com os votos da Chapada do Apodi, para tentarem apoiar a FAPIJA na resolução da restauração da Adutora que rompeu, e é responsável pelo abastecimento humano, animal e do setor produtivo gerador de emprego e renda das cidades de Limoeiro do Norte, Quixeré e Tabuleiro do Norte?

Dizem por lá, que só apareceram na Chapada no ano passado a procura de suas reeleições, ou no caso dos novatos a eleição. Hoje, há 20 mil pessoas e 6.000 bovinos nas comunidades de Limoeiro, Quixeré e Tabuleiro do Norte sem água regular para beber. O setor privado e as Prefeituras estão fazendo o que podem para manterem a regularidade no fornecimento da água de beber.

É necessário no mínimo 20 carros pipas para levar água para a dessedentação humana e animal. Já foi declarado estado de emergência pela Prefeitura de Limoeiro do Norte, cidade sede da captação e elevação da adutora rompida; mas, UM carro pipa alugado hoje lá, custa R$13 mil reais por mês, o tempo provável da reforma da obra que poderá custar uns R$ 500 mil reais. E de onde vai sair o dinheiro para custear essa operação, visto que os irrigantes do Perímetro do Apodi, já chegam há aproximadamente 4 (quatro) anos, que praticamente não tem caixa, porque não tiveram produção por falta d’água. Quem vai bancar essa conta?

Acho que precisaria que essa semana, se tivesse uma reunião sobre a crise provocada pelo rompimento da adutora, com a presença dos titulares da FAPIJA, que representam os produtores; da direção do DNOCS, dos prefeitos dos 3 municípios, um representante do Governo do Estado, e aqueles deputados que foram por lá, para que juntos busquem formas urgentes de encontrarem uma saída para amenizar os dramas e prejuízos causados a todos os seguimentos da Chapada do Apodi.

O presidente da FAPIJA, Alemão com apoio de uma equipe de técnicos, estão fazendo o orçamento da reforma e precisa de apoio real e geral de todos os seguimentos governamentais.

Até o Momento da publicação desta matéria, apenas o Senador Eduardo Girão sinalizou seu apoio; onde estão os senadores Tasso Jereissati e Cid Gomes, os 22 deputados federais e os 46 deputados estaduais sumiram desta questão? Aguardem que na reeleição eles aparecem com discurso cheios de promessas por aqui.

 

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Dr Zuza

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também