TV Jaguar

Postado em 15/07/2019 às 16:10:00

compartilhar

Prevenção e cuidados com a saúde das crianças nas férias escolares.

Prevenção e cuidados com a saúde das crianças nas férias escolares.

Nas férias chega a hora de planejar uma programação diferente com os pequenos. Seja curtindo os espaços da cidade, praias ou viajando, a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), recomenda alguns cuidados para que as crianças se divirtam sem problemas de saúde.

A mudança na rotina alimentar, a atualização da caderneta de vacinação e a exposição solar são cuidados que merecem atenção dos pais para a prevenção de doenças. O primeiro deles está relacionado à alimentação saudável. De acordo com Rochele Riquet, nutricionista do Centro de Saúde Meireles, no período de recesso escolar não deve haver exagero no consumo de guloseimas, doces e salgados.

“As férias exigem muitos cuidados com a rotina da alimentação, hidratação com bastante água e suco natural da fruta, com atenção para o abacaxi, a laranja e a tangerina, fontes de vitamina C. Quando a criança come em horários irregulares muitos doces e alimentos gordurosos, ganha peso em excesso. Por isso, os pais devem ficar atentos para não desencadear obesidade infantil ou diabetes”, aconselha Rochele Riquet.

 

A nutricionista orienta que os adultos levem as crianças para a cozinha e estimulem o preparo de alimentos saudáveis. “Os pais devem evitar alimentos processados, com corantes e ricos em açúcar. As brincadeiras podem acontecer na cozinha com o preparo de uma salada de frutas, pipoca que é rica em fibras e até um bolo caseiro”, diz.

Imunização

É importante que a família fique atenta também para a atualização da caderneta de vacinação. Em alguns casos a desinformação de uma pequena parcela da população quanto à segurança e eficácia das vacinas é responsável pela redução no número de crianças imunizadas.

“A vacinação é uma estratégia primordial para reduzir a ocorrência das doenças imunopreveníveis. O período de férias é ótima oportunidade para atualização da caderneta de vacinação das crianças”, afirma Ana Rita Cardoso, supervisora do Núcleo de Imunização da Sesa.

Ana Rita Cardoso alerta que é fundamental estar atento para a imunização contra o sarampo e outras doenças. “Vacinar, além de proteger, beneficia a saúde de toda a comunidade. Portanto, é de fundamental importância que as crianças estejam com a situação vacinal em dia”.

A informação adequada é o melhor caminho para a proteção de doenças que podem ser evitadas. A Secretaria da Saúde do Ceará reforça que a vacinação é uma das medidas mais importantes e eficazes de prevenção e estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos que destroem os micro-organismos invasores tornando a criança imunizada. Confira aqui a lista de vacinas. (colocar o link)

Proteção solar

Quem vai curtir o mês julho nas praias e no litoral também deve se preocupar com a proteção solar. Não podem ficar fora da mochila dos pequenos as roupas leves, o chapéu e o protetor solar. A dermatologista do Centro de Dermatologia Dona Libânia, Maria Araci Pontes, orienta a ingestão de bastante líquido, alimentos leves e guarda-sol durante as idas à praia.

“A pele da criança é sensível e exige cuidados, como o protetor solar com no mínimo fator 30, roupas com proteção solar que protegem tanto os raios UVA quanto os UVB, é indispensável também o uso do chapéu”.

A dermatologista recomenda ainda que o ideal é tomar sol antes das 10h e depois das 16h, devido a menor emissão de raios ultravioleta e apenas duas horas de exposição ao sol. “Os principais sintomas de insolação em crianças são a febre, desidratação, incontinência urinária, dor de cabeça, náuseas e tontura. Recomendo banho frio, bastante líquido, compressas de água fria na cabeça, axilas e pescoço e aplicação de pasta d’água no corpo. Caso a criança não tenha melhora, levá-la para a emergência”, disse a dermatologista.

Além dos cuidados com a proteção solar, Maria Araci Pontes destaca que, nas atividades ao ar livre, é preciso proteger as crianças das picadas de insetos e do mosquito Aedes aegypti, mas o uso do repelente merece atenção. “É importante que a aplicação seja feita no corpo antes de vestir a roupa. Essas medidas reduzem o risco de picada”, recomenda.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Assessoria

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também