TV Jaguar

Postado em 19/08/2019 às 15:30:00

compartilhar

Governo do Ceará vai investir R$ 600 milhões extras na saúde e anuncia pacote de ações para o setor

Governo do Ceará vai investir R$ 600 milhões extras na saúde e anuncia pacote de ações para o setor

Área importante e uma das prioridades do Governo do Ceará, a saúde cearense vai receber investimento extra de R$ 600 milhões para a implantação da Plataforma de Modernização da Saúde, que chega com a finalidade de facilitar o acesso da população aos serviços públicos do setor, transformando-o em um atendimento mais humanitário e eficiente. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (19) pelo governador Camilo Santana e o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, durante solenidade no Palácio da Abolição, em Fortaleza.

Para chegar a essa nova política, o Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), desenvolveu um planejamento integrado para promover a saúde individual e coletiva, para a melhoria da qualidade de vida dos cearenses, após um diagnóstico da saúde no Estado. As ações foram planejadas para serem desenvolvidas até 2023 e englobam o reforço estrutural de unidades de saúde, construção de novos equipamentos, promoção de novas metodologias e políticas, fortalecimento das categorias profissionais, entre outras.

Nos últimos anos, o Ceará vinha investindo muito em equipar sua rede pública de saúde, descentralizando o atendimento da capital com a construção de hospitais nas macrorregiões, policlínicas, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Centro de Especialidades Odontológicas, unidades básicas de saúde, expansão do Samu, entre outras ações. O governador explicou que desde janeiro deste ano que a Sesa vem trabalhando nesse planejamento para melhorar a prestação de serviço que resultará em um melhor acolhimento dos pacientes.

“O Estado se estruturou na sua rede física e agora lançamos a Plataforma de Modernização da Saúde com integração da rede, missões e metas municipais estaduais e federais. Estamos anunciando uma série de investimento para toda essa plataforma. Tudo isso vai demandar um investimento de R$ 600 milhões já garantidos. Isso precisa ser pactuado com os municípios, profissionais de saúde, sociedade civil, entidades de classe, iniciativa privada. O grande objetivo dessa plataforma é garantir à população um acesso mais rápido, qualidade no serviço e inclusive o acompanhamento pós-atendimento”, destacou Camilo.

Durante a solenidade de lançamento da plataforma, o governador assinou alguns termos que irão garantir as principais ações daqui para frente, como o que cria a nova estrutura da Secretaria de Saúde e a mensagem que será enviada para a Assembleia Legislativa propondo a lei de criação das Agências Regionais de Saúde. Camilo Santana lançou ainda a seleção de cargos de Liderança da Saúde através Programa de Atração de Talentos do Governo do Ceará.

“A ideia é criar uma carreira para o profissional de saúde do Estado, além de melhorar a qualificação profissional através da Escola de Saúde Pública, inclusive municipal. Nesse primeiro momento, vamos fazer uma seleção pública temporária para os equipamentos do Estado até que a gente defina através dessa discussão qual o melhor modelo para contratação. Estamos vendo experiências nacionais e internacionais e a partir daí cada vez mais valorizar o profissional de saúde”, disse o governador.

Algumas ações elencadas como importantes para esse ganho de qualidade na saúde já iniciaram, de acordo com o secretário da Saúde. Dr. Cabeto informou que o processo de qualificação profissional, de informatização e comunicação entre as unidades já estão em andamento. Ele acredita que todo esse planejamento só terá êxito se os diversos agentes envolvidos no processo participarem de forma efetiva.

“Nós temos aí algumas ações que são contínuas, que vão de 2019 até 2023, com seus passos muito estudados e estruturados para que a gente possa ter a resposta e para que a população possa acompanhar tudo aquilo que nós estamos estruturando e que ela possa ser parceira no processo. Não dá para pensar em um sistema de saúde que não se comunica, não dialoga e não pactua”, pontuou Cabeto.

O titular da Sesa explicou que a plataforma foi pensada em cima de cinco pilares: resultado centrado no cidadão; humanização do atendimento; valorização das pessoas; transparência; e conhecimento e inovação. “A ideia é que nossos hospitais de alta complexidade atendam todas as especialidades, fortalecendo as macrorregiões, que foi um processo que já se iniciou acertadamente antes e que leva a saúde para perto do cidadão”, finalizou Dr. Cabeto.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Assessoria de Comunicação

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também