TV Jaguar

Postado em 26/11/2019 às 14:00:00

compartilhar

Juiz de Apuiarés-CE determina que representados pelo sindicato devolvam os valores pagos a título de precatório do FUNDEF.

Juiz de Apuiarés-CE determina que representados pelo sindicato devolvam os valores pagos a título de precatório do FUNDEF.

A decisão do magistrado condena todos os representados pelo sindicato beneficiados ao ressarcimento dos cofres públicos municipais.
 
O juiz assevera ainda o dever do município  de elaborar um plano de ação e cumprir um cronograma de trabalho referente à aplicação exclusiva dos valores em manutenção e desenvolvimento da educação, seguidos da devida prestação de contas.
 
Tal jusrisprudência desperta uma indagação crucial no tocante ao caso de Limoeiro do Norte: poderia ser esse o desfecho trágico para os nossos professores caso o prefeito contrariasse a decisão do TCU sem amparo judicial?
 
 
 
As possíveis respostas merecem reflexões e ponderações, já que o magistério não pode ser massa de manobra na mão de pessoas que nutrem seus próprios interesses políticos.
 
Pagamento sim, mas na forma da lei e com o devido aval do poder judiciário.
 
TEXTO: Emanuel Freitas

 

 

Fonte: Emanuel Freitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também