TV Jaguar

Postado em 12/02/2020 às 12:00:00

compartilhar

Idosos: amados, esquecidos ou abandonados?

Idosos: amados, esquecidos ou abandonados?

Um ser que se diz humano, porém de muitas contradições. Nascemos crescemos envelhecemos, em um roteiro contínuo da vida. Alguns amam, outros esquecem, não poucos, abandonam. É de fato ser humano, praticar a destruição da própria espécie? Como negarmos a nós mesmos, se somos o que somos por eles existirem? A mãe que gerou o filho, amamentando alimentando para vida educou e viu destes os primeiros paços o conduziu até se tornar um adulto, aquele que sempre o amou.

O pai que foi o provedor, mesmo com tanto ardor que a vida lhes propôs, com o suor do seu rosto buscou com muito esforço o pão de cada dia tendo a alegria de ser pai. Sempre defendeu aquele que debaixo do seu teto o criou ensinando o correto fazer. Retribuir seria no mínimo coerente e decente a se fazer. Mas os seres que se dizem humanos, são em muitos casos desumanos, por tanto mal fazerem, aos que hoje precisam de atenção, carinho e respeito por todos os seus feitos praticados é um simples ato de amor.

O porquê desses idosos que vivem abandonados. Dentro de suas próprias casas, ou pelas praças a vagar, em abrigos são distribuídos, mas onde estão os que dividiram o mesmo tento, sejam eles seus netos, filhos ou parentes, onde estão seus descendentes em serem ao menos descentes e dos mesmos cuidar.

Matéria completa: 

 

 

 

 

Fonte: TV Jaguar/ Jucelino Castro

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também