TV Jaguar

Postado em 26/02/2020 às 06:00:00

compartilhar

Governo, Assembleia e Judiciário anunciam comissão para negociar fim da paralisação de PMs.

Governo, Assembleia e Judiciário anunciam comissão para negociar fim da paralisação de PMs.

José Sarto, presidente da Assembleia Legislativa do Estado, em nota oficial da Casa na noite dessa terça-feira.

A nota diz que a comissão buscará fim da paralisação dos PMs, mas sem recuo de punições.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, José Sarto (PDT), anunciou na noite de hoje a criação de uma comissão formada por representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário a fim de “buscar uma solução para pôr fim à paralisação de parte dos policiais militares do Estado”.

O grupo será integrado também por membros do Ministério Público e Exército. Todos os integrantes do colegiado devem ser indicados ainda nesta semana.

Segundo informação divulgada pelo Jornal O POVO, o governador Camilo Santana (PT) esteve reunido durante toda a tarde e parte da noite de hoje com chefes dos poderes, generais, o procurador-geral de Justiça e secretários, além do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). O encontro foi no Palácio da Abolição.

Assinada conjuntamente por Governo, AL e Judiciário, a nota é resultado dessa conversa. A avaliação é de que há necessidade de abrir canal de diálogo com os policiais, mas sem recuar de punições já determinadas pelo comando da PM. Até o início da semana, 168 militares haviam sido alvo de processo disciplinar.

A intenção da comissão tampouco é negociar os termos da proposta de reajuste já apresentada pelo Governo, segundo fontes que participaram da reunião no Abolição. Pela tabela enviada à AL, discutida e acordada com dirigentes de associações de militares e parlamentares ligados ao segmento, um soldado passará a ganhar R$ 4,5 mil ao final de 2022 - hoje o soldo da patente é de R$ 3,2 mil.

O motim da PM completou uma semana nessa terça-feira, 25. Do dia 19/2 até ontem, ao menos 170 homicídios foram registrados no Ceará. Em Fortaleza, um quartel da PM permanece sob a posse dos soldados.

Leia a íntegra da nota

Os poderes constituídos do Ceará - Executivo, Legislativo e Judiciário - informam que, por sugestão do Ministério Publico do Ceará, está sendo criada uma comissão formada por representantes de cada poder, com a participação do MP-CE e acompanhamento do Exército Brasileiro, com objetivo de buscar uma solução para pôr fim à paralisação de parte dos Policiais Militares do Estado.

 

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Conteúdo - Henrique Araújo do O POVO | Edição JTNEWS.

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também