TV Jaguar

Postado em 13/10/2020 às 18:00:00

compartilhar

Estação de Bombeamento do Castanhão vai garantir que as águas do São Francisco cheguem em Fortaleza

Estação de Bombeamento do Castanhão vai garantir que as águas do São Francisco cheguem em Fortaleza

Ao lado do maior reservatório do Estado do Ceará, o Castanhão, se encontra a estrutura modelo responsável por bombear água da região do Jaguaribe para a Região Metropolitana de Fortaleza. A Estação de Bombeamento do Castanhão (EB Castanhão), foi construída em 2003 e funciona como a principal estrutura de integração de água administrada pela Cogerh.

Segundo o secretário Francisco Teixeira a Estação já sofreu significativas mudanças devido às grandes secas de 2012 a 2018. “Foram recuperadas todas as estruturas de bomba e toda a parte física da obra, deixando pronta para atender as demandas caso tenhamos outras secas que precisem de transferência de água do açude Castanhão”, comentou.

A Cogerh classifica a Estação de Bombeamento do Castanhão como referência de padrão no Estado do Ceará devido a sua importância no segmento hídrico. Segundo o presidente da Companhia, João Lúcio Farias, a Estação é estratégica para o Ceará pois atua como eixo de ligação entre o sistema Jaguaribe e o Metropolitano. “O trabalho desenvolvimento na Estação servirá de modelo para as outras 50 estações presentes no Estado do Ceará”, garante.

 

Águas do São Francisco

A Estação de Bombeamento do Castanhão será responsável por bombear as águas da Transposição do Rio São Francisco, depois de chegarem ao Açude Castanhão, levando-as através do Eixão das Águas para Fortaleza e Região Metropolitana. “Quando as águas do ‘Velho Chico’ atingirem o Castanhão, essa Estação será a grande responsável por bombear as águas até o Eixão das Águas, levando-as aos açudes da Região Metropolitana”, explica Teixeira.

Ainda segundo o secretário Teixeira, as águas bombeadas pela Estação de Tratamento serão responsáveis pela garantia hídrica de 40% da população do Estado do Ceará. “Essa obra é de extrema importância por ser o coração do sistema de integração entre a Bacia do Jaguaribe e a Região Metropolitana de Fortaleza”.

Recuperação da Estação

As ações de recuperação da EB Castanhão entraram na última fase, garantindo a segurança hídrica da Vale do Jaguaribe e Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo o diretor de operações da Cogerh, Bruno Rebouças, uma das principais ações de manutenção foram as substituições das volutas, que foram agredidas por conta da qualidade da água e do processo de cavitação durante o processo que se precisou operar abaixo da cota. “Hoje as volutas são mais modernas e mais resistentes, preparadas para operar de todas as formas, além de outras obras que complementam a modernização das volutas, como a recuperação da válvula de retenção e a drenagem das calhas”.

O processo de modernização passou ainda pela recuperação das cinco bombas do local, garantindo mais eficiência ao complexo processo de bombeamento que destina as águas para o Eixão das Águas. Na primeira etapa de reparos, a estação ganhou novos rotores.

Na última sexta-feira (9), uma comitiva de gestores hídricos do Ceará, coordenada pelo secretário Francisco Teixeira e pelo presidente da Cogerh João Lúcio Farias, visitou as instalações da EB Castanhão.

 

 

Fonte: jornaldoceara.com

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também