TV Jaguar

Postado em 21/06/2021 às 16:05:00

compartilhar

Enfermeira vacina o próprio marido contra a Covid-19, no Ceará: 'Não foi combinado'.

Enfermeira vacina o próprio marido contra a Covid-19, no Ceará: 'Não foi combinado'.

No atual contexto da pandemia de Covid-19, um dos momentos mais comemorados tem sido o da vacinação, comumente registrado por fotos e vídeos. Para o publicitário Bruno de Castro, de 35 anos, a ocasião de receber a primeira dose foi ainda mais especial: ele foi vacinado pelas mãos da própria mulher, a enfermeira Renata Gadelha, de 32 anos. O momento aconteceu neste sábado (19), no município de Limoeiro do Norte, a 200 km de Fortaleza.

Bruno conta que, apesar de Renata trabalhar na imunização do município, não houve nenhuma combinação prévia com a companheira para ser vacinado por ela, tendo acontecido por coincidência.

“As pessoas pensaram que eu combinei com ela, porém não foi nada combinado. Eu sabia que ela estaria ali trabalhando, mas era muita gente e tinha muitas cabines dentro do local de vacinação. Foi muita coincidência e, claro, fiquei muito feliz", afirmou Bruno de Castro que recebeu a primeira dose de Pfizer no Centro de Vacinação localizado em uma quadra poliesportiva, no Centro da cidade.

Bruno de Castro é casado com Renata Gadelha há sete anos, mas já se conhecem há 17 anos. Neste tempo de pandemia, os dois souberam administrar a relação e, segundo o publicitário, ele ficou muito aliviado em ver ela ser vacinada em março contra a Covid-19, com a CoronaVac.

“Fiquei muito feliz em ver ela vacinada logo. Já que ela trabalha na linha de frente, eu sempre ficava preocupado. Ela é uma profissional muito atenciosa e gosta do que faz. Ainda bem que, aos poucos, estamos saindo da pandemia”.

Apesar da felicidade de ter recebido a primeira dose, Bruno de Castro, conta que teve perdeu a avó materna, Ineuda Teles, em razão da Covid-19, o que traz lembranças tristes.

"Outra emoção também de ter recebido a vacina foi que há cerca de um mês atrás eu perdi minha avó. Vítima da Covid, aos 89 anos, mesmo tendo recebido uma dose. Muito triste, mas dias melhores vão chegar", torce.

 

CONTEUDO: G1

 

 

Fonte: G1

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também