TV Jaguar

Postado em 22/12/2016 às 16:00:00

compartilhar

Réplica de urna funerária expressa indignação dos servidores da prefeitura de Limoeiro do Norte pelos salários atrasados.

Réplica de urna funerária expressa indignação dos servidores da prefeitura de Limoeiro do Norte pelos salários atrasados.

Na quinta-feira 22, os trabalhadores tornaram a se reunir na sede do SINTSEM, na Rua Camilo Brasiliense, de onde seguiram em caminhada até a Prefeitura municipal para cobrar da administração do prefeito Paulo Duarte, o cumprimento dos compromissos referentes ao pagamento dos salários do mês de novembro, bem como o décimo terceiro para os servidores da saúde e parte da educação.

O presidente do SINTSEM, o Professor José Aristides de Lima acompanhou toda a movimentação. Na sede da procuradoria, os servidores, na companhia do representante da instituição buscaram uma negociação com o procurador Charles Lourenço.

De acordo com Aristides Lima, diante de todas as tentativas de buscar uma solução para o problema, o que existia de mais concreto até o referido momento são as promessas por parte dos representantes da Prefeitura de que o repasse para os servidores da área da saúde referente ao mês de novembro seria feito assim que entrassem os recursos do PMAC (Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica).

Ainda em conformidade com o presidente, a categoria teme que os pagamentos referentes ao 13º Salário e o mês de dezembro não sejam repassados, já que não tem mais recursos para entrar nos cofres do município até o final da atual administração. Quanto aos servidores do setor da educação, Aristides Lima ressaltou que uma parte dos servidores já receberam os seus vencimentos. Porém, a outra parte ainda continua sem receber e corre o risco de ficar sem os salários, pois a pasta já não tem mais recursos para serem injetados no setor.

Os manifestantes permaneceram por todo a manhã, em frente ao prédio da Prefeitura do município. No local, os servidores fecharam a rua que dá acesso à sede do executivo limoeirense e de posse de faixas e cartazes, eles cobravam do gestor municipal, o pagamento dos salários atrasados e mais respeito com os Servidores Públicos do município.

A réplica de uma urna funerária, com a expressão “Os Servidores Em Luto” foi exposta no meio da rua, com a finalidade de simbolizar o sentimento de revolta e angústia da categoria.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Nilo Leite

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também