TV Jaguar

Postado em 26/02/2017 às 20:00:00

compartilhar

Morada Nova - Vídeo mostra ação dos Bombeiro salvando as crianças do acidente no canal da integração.

Morada Nova - Vídeo mostra ação dos Bombeiro salvando as crianças do acidente no canal da integração.

As duas crianças retiradas de dentro de carro que despencou dentro do Canal da Integração, no distrito de São João do Aruaru, em Morada Nova, foram encaminhadas ao Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza, onde estão internadas. A bebê de 10 meses foi entubada, enquanto o menino de 10 anos está em observação. CLICK E VEJA O VÍDEO

Os pais das crianças, Célio Roberto Mesquita de Oliveira e Verlene Bernadino da Silva, morreram depois que o carro da família, um Fiat Uno, capotou e caiu dentro do canal, em trecho da CE-138. Eles viajavam de Fortaleza para São João do Aruaru, distante 106 quilômetros, e se acidentaram na manhã deste sábado (25).

O resgate foi feito por bombeiros que seguiam para Limoeiro do Norte e viram o carro dentro do canal. Em publicações no Facebook, os três bombeiros (cabo Brito, cabo Thiago Bezerra e soldado Cordeiro) explicam que passavam pelo local, quando se depararam com o veículo rodeado por moradores da região angustiados.

Mesmo sem os equipamentos e fardamentos necessários, os homens entraram na água e, com a ajuda da população, resgataram os adultos e as crianças. No vídeo, o carro aparece amarrado com cordas, para evitar ser levado pela correnteza. “Tem uma criança aqui”; “Tem outro lá dentro?”; “Bota a criança de lado”, dizem os bombeiros.

Um enfermeiro do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) que passava pelo local fez a reanimação das crianças, depois encaminhadas ao IJF. Os pais já estavam mortos. A assessoria de imprensa do hospital não divulgou mais informações sobre o estado de saúde das crianças, que estão sendo acompanhadas por uma tia.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Tribuna do Ceará

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também