TV Jaguar

Postado em 23/07/2016 às 08:00:00

compartilhar

Dr. Ney Robson reforça a importância da prevenção para evitar o câncer de boca.

Dr. Ney Robson reforça a importância da prevenção para evitar o câncer de boca.

No último dia 14 de julho, em evento realizado no Auditório da Unimed Limoeiro, realizado pelo Centro de Especialidades Odontológicas em parceria com Conselho Regional de Odontologia do Ceará, o Dr. Ney Robson cirurgião- buco-maxilar do CEO Dr. João Eduardo Neto, apresentou um trabalho de pesquisa sobre o Câncer de Boca na Região aos dentistas das cidades vizinhas.

Diante da pesquisa realizada, o Dr. Ney buscou colher informações sobre a real situação de constatação do Câncer Bucal nos municípios que tem abrangência de atendimento pelo Consórcio Público de Saúde de Limoeiro do Norte. Onde foi possível identificar quais as cidades com o maior caso de incidência e a projeção de medidas que visam prevenir, diagnosticar e tratar os casos que possam ser comprovados.

Em entrevista à Tv Jaguar, o Dr. Ney Robson reforçou que o Câncer de Boca, por estar associado ao tabagismo e ao alcoolismo, é o quinto câncer mais frequente nos homens em todo o Brasil. Mas na área de atuação do CEO Regional de Limoeiro do Norte, os registros mostram que o público feminino tem sido mais acometido pela doença, o que pode significar apenas que as mulheres buscam mais a prevenção do que os homens. Ele informou ainda que o trabalho de prevenção vem acontecendo há mais de 4 anos, desde quando o CEO foi fundado, no qual vem acompanhando e verificando o aumento de patologias como o Câncer de Boca, que pode acometer qualquer pessoa, sendo homem ou mulher, geralmente acima de 40 anos. Segundo Ney Robson, de 2012, data de instalação do CEO, até 2016, foram encontradas pelo menos 18 lesões malignas, contando hoje com pacientes curados e outros em tratamento.

O cirurgião buco-maxilar informou que o Câncer de Boca acomete com mais frequência pessoas que fazem uso do tabaco em todas as formas, seja fumando cigarro de fábrica, cachimbo, mastigando o fumo, ou qualquer outra forma de uso, pois o fumo mata as células e enfraquece as defesas do organismo. O álcool, mesmo em menor proporção, também é outro causador da doença em pacientes que fazem uso exageradamente.

Dr. Ney Robson alertou que não é aconselhável ao paciente realizar o autoexame, no entanto o mesmo deve observar que ao menor sinal de alteração que possa vir a se apresentar, inicialmente através de úlceras bucais que perdurem por mais de 14 dias sem causa aparente ou prótese, alteração de coloração com mucosa, ferimento e ardor, o paciente deverá procurar por um cirurgião dentista para que possa ser coletada uma amostra e realizado a biopsia para identificar a periculosidade da enfermidade. E observou que quanto mais cedo for identificado, maior a chance de cura ou o prolongamento de vida do paciente.

Por fim, Dr. Ney reforçou que a principal medida de prevenção do Câncer de Boca, ainda é o combate ao tabagismo e ao álcool, principalmente nas crianças e jovens que ainda não fazem parte desse ciclo vicioso.

 

 

Fonte: Tv Jaguar/ Arnaldo Freitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também