TV Jaguar

Postado em 16/08/2017 às 14:00:00

compartilhar

Após a confirmação de mais de 12 mil casos de Chikungunya, no Ceará, Frente Parlamentar de Combate ao Aedes se reúne nesta quinta (17)

Após a confirmação de mais de 12 mil casos de  Chikungunya, no Ceará, Frente Parlamentar de Combate ao Aedes se reúne nesta quinta (17)

A reunião foi requerida pelo Deputado Carlos Matos. No último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará foram confirmados 12.950 casos de Chikungunya no estado. Tendo em vista os avanços e desafios da doença, nesta quinta-feira (17), acontecerá reunião da Frente Parlamentar de Combate ao Mosquito Aedes aegypti na Assembleia Legislativa.

Para o presidente da Frente, o Deputado Estadual Carlos Matos, durante as últimas reuniões, o grupo chegou a um consenso sobre 10 pontos essenciais para combater o mosquito Aedes aegypti no Ceará. “Essa reunião será fundamental para verificar o nível de implementação dessas medidas por parte do poder Municipal e poder Estadual. Vamos discutir sobre os avanços e impactos da doença e ouvir as autoridades constituídas sobre o combate ao mosquito”, reforça.

Além dos parlamentares que compõem a Comissão, foram convidados para participar do debate a Secretaria Municipal de Saúde, o Comitê Gestor Estadual de Política de Enfretamento de Dengue, Chikungunya e Zika, a Vigilância Ambiental, o Conselho Estadual de Saúde do Ceará - CESAU, a Universidade Federal do Ceará, UFC, UNICHRISTUS, FIOCRUZ, a Comissão de Saúde da OAB-CE, Secretaria da Saúde do Estado do Ceará – SESA, UNICEF, APRECE, Centro de Apoio da Cidadania do Ministério Público, Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias – CONACS, a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará – FIEC, Associação para os Desenvolvimentos dos Municípios do Estado do Ceará, Conselho das Secretárias Municipais de Saúde do Ceará – COSEMSCE, Serviço Social da Indústria – SESI, Associação dos Municípios do Estado do Ceará- APRECE, Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde de Fortaleza e Escola de Saúde Pública.

A Comissão

A Frente Parlamentar de Combate ao Aedes aegypti foi instituída em março do ano passado com o objetivo de colaborar e articular, em conjunto com a sociedade civil, medidas para a erradicação do mosquito Aedes (vetor de transmissão das doenças dengue, zika e chikungunya).

Compõem o colegiado os seguintes parlamentares: Carlos Matos (PSDB), presidente; Leonardo Pinheiro (PP); José Sarto (PDT); Fernanda Pessoa (PR); Agenor Neto (PMDB); Roberto Mesquita (PSD) e Evandro Leitão (PDT).

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Assessoria

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também