TV Jaguar

Postado em 17/08/2017 às 17:00:00

compartilhar

Júnior Martins relata o perigo e o prejuízo da possível presença do vírus da raiva em Russas

Júnior Martins relata o perigo e o prejuízo da possível presença do vírus da raiva em Russas

Falando aos presentes, radiouvintes e internautas que assistem a sessão ordinária da Câmara municipal de Russas, usando a tribuna no grande expediente da terça-feira, 15 de agosto, o vereador José Martins de Santiago Júnior, (Júnior Martins), que também é um conceituado médico veterinário, alertou as autoridades e a sociedade em geral, para a possível presença do vírus da “Raiva Bovina” no rebanho Russano.

Depois de concluída a sessão, falando a nossa reportagem, Júnior contou que mesmo ainda não estando confirmado cientificamente, o veterinário da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (ADAGRI) Dr. Equiner, em conversa entre profissionais, confirmando que pela sintomatologia apresentada nos animais, é provável que exista sim um quadro de raiva bovina no município de Russas.

Segundo o vereador e veterinário, o vírus é circulante e já se mostrou presente na região através de exames feitos LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará), em amostras de materiais colhidos de morcegos e raposas no município de Quixeré.

Júnior explicou que provavelmente contaminado por um morcego hematófago que ao sugar o sangue bovino deixar o vírus no animal, o animal infectado pode espalhar o vírus da raiva em todo o rebanho através da saliva ao dividir o coxo de alimentação ou bebidas com outros animais que venham a ingerir a saliva contaminada e com ele o vírus da raiva.  

Uma vez detectado o vírus, a primeira medida a ser tomada é vacinar em peso todos os animais daquela região, como medida para evitar que o vírus se multiplique em outras propriedades, eliminando a patologia bovina ainda no foco. Já os animais comprovadamente infectados, os mesmos terão de ser sacrificados, até porque em animais o vírus da Raiva é 100% letal.

Em pessoas, a cura do vírus da raiva é raríssima, no mundo todo existem apenas duas confirmações de pessoas que se recuperaram da raiva. Um rapaz na cidade de Floresta e uma menina na Califórnia nos Estados Unidos da América.

 

 

Fonte: TV Jaguar/ Arnaldo Freitas

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também