TV Jaguar

Postado em 04/08/2016 às 17:00:00

compartilhar

Parlamentares limoeirenses reclamaram a falta da transmissão das sessões via rádio.

Parlamentares limoeirenses reclamaram a falta da transmissão das sessões via rádio.

Logo na primeira sessão ordinária do parlamento municipal, o tema veio à tona, a partir do pronunciamento do vereador José Lins Guerra, que lamentou o fato.

Para ele, a medida adotada tende a prejudicar a população, que costumeiramente acompanha as reuniões através do rádio, o que na sua avaliação é um direito de todos os cidadãos limoeirenses.

O vereador ainda fez referência ao projeto que trata da reforma do código tributário, em tramitação no legislativo municipal, ele defende uma discussão mais ampla em torno do assunto.

 

Vereador Marduque DuarteO vereador Marduque Duarte buscou justificativas junto à mesa diretora, a cerca do posicionamento da direção da rádio responsável pelas transmissões, para não prestar o serviço durante o período. Conforme mencionou o líder do prefeito, o presidente Gladis deve entrar em contato com a direção da emissora, com o intuito de tomar alguma decisão, sob pena de incorrer em processo de improbidade administrativa. O parlamentar ressaltou que as transmissões são obrigatórias e a não transmissão infringe o Regimento Interno da Câmara municipal. Ele salientou ainda que outras emissoras tem interesse no contrato para as transmissões.

O parlamentar aproveitou o ensejo para tecer críticas contra algumas pessoas, que segundo ele, utilizam as redes sociais para difamar outras, e até instigar os adversários para brigas. Ele enalteceu as ações que estão sendo desenvolvidas pela direção do SAAE e pela Secretaria de Educação, a partir da gestão do professor Belarmino Duarte, bem como os esforços do prefeito Paulo Duarte de trazer para o município, importantes benefícios como a Rodovia do Contorno, Pavimentação Asfáltica, Iluminação de qualidade e a construção do Hospital Regional Vale do Jaguaribe, a qual acredita ele que será iniciada ainda na gestão do atual gestor. 

Em resposta as indagações dos parlamentares sobre o corte na transmissão, o presidente Gladis Bandeira informou que a emissora alegou não ter interesse em prestar o serviço de transmissão durante o período eleitoral, em virtude dos altos valores das multas por infrações eleitorais, e que a referida emissora não pretende correr o risco de ser necessário arco com esse tipo de despesa.  

 

 

Fonte: Tv Jaguar / da Redação

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também