TV Jaguar

Postado em 15/10/2018 às 16:00:00

compartilhar

Série da TV Assembleia destaca ação da Defensoria na garantia do registro civil

Série da TV Assembleia destaca ação da Defensoria na garantia do registro civil

A TV Assembleia (canais 31.1 e 61.3 digital) exibe, a partir desta segunda-feira (15/10), no jornal Primeiro Expediente, às 8h20, e no Jornal Assembleia, às 18h50, a série “Defensoria Pública: Resgatando a Cidadania e Transformando Vidas”. São cinco matérias que vão apresentar a realidade de milhares de brasileiros que não possuem registro civil, além do trabalho desenvolvido pela Defensoria Pública do Estado para garantir cidadania a essas pessoas. A série de matéria segue em exibição até sexta-feira (19/10).

Atualmente no Brasil, cerca de três milhões de pessoas vivem sem certidão de nascimento ou precisam fazer algum tipo de retificação nos documentos civis. São mais de 130 mil crianças brasileiras, somente na faixa etária de zero a 10 anos, que vivem sem registro civil. Em Fortaleza, por ano, 4% dos nascidos vivos não são registrados, ou seja, há cerca de 1.800 bebês sem registro.

A série vai mostrar ainda histórias de vida de cearenses da Capital e Interior que estão sem o exercício pleno da cidadania porque não existem legalmente. Sem o registro civil, essas pessoas estão excluídas das políticas públicas de saúde, educação e lazer. A certidão de nascimento é o primeiro passo para a garantia de acesso a qualquer serviço público.

A série “Defensoria Pública: Resgatando a Cidadania e Transformando Vidas” é produzida pela jornalista Suely Frota, com reportagens e edição de Oona Quirino. Também na edição estão Márcio Moreira e Ribamar Júnior; e nas artes, Daniel Cardoso. As matérias contam ainda com as imagens de Pedro Paulo e a colaboração do motorista Félix Magalhães.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Agência AL-CE

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também