TV Jaguar

Postado em 16/11/2018 às 06:00:00

compartilhar

Com saída de cubanos, Morada Nova pode perder 21 médicos e ter seu sistema de saúde municipal desmantelado

Com saída de cubanos, Morada Nova pode perder 21 médicos e ter seu sistema de saúde municipal desmantelado

Com o anúncio do encerramento da cooperação internacional entre os Governos cubano e brasileiro no Programa Mais Médicos, o Ceará deve perder 448 profissionais que, atualmente, integram as equipes do Programa de Saúde da Família (PSF). O efetivo representa 36% dos médicos atuando pelo Programa no Estado.

O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems/CE) lançou, ontem, nota de preocupação, por considerar não haver, no momento, condições técnico-operacionais de reposição imediata das vagas que serão abertas.

Segundo estima a Cosems/CE, o processo para que novos médicos sejam contratados e assumam os postos que eram ocupados pelos cubanos, levará no mínimo 90 dias, e isto se houver interesse no preenchimento, já que tais vagas envolvem, geralmente, regiões extremamente carentes de municípios pobres.

“Como ficam essas cidades em início de quadra chuvosa? É um dado preocupante, que vai afetar os nossos indicadores”, alerta Josete Tavares, presidente da entidade.

Ao todo, 118 municípios cearenses contam com reforço no atendimento, por parte dos profissionais de Cuba, participantes do Programa. Os municípios com maior número de profissionais são Morada Nova, com 21 médicos; Iguatu (19); Fortaleza (15); Itapajé (13); Granja (11); Limoeiro do Norte (11); e Acopiara (10). Na Capital, ainda segundo o Cosems/CE, as áreas mais afetadas estão na periferia.

No caso de Morada Nova, a reposição dos 21 médicos cubanos urge agilidade, já que sua saída repentina tem potencial para desmantelar o sistema municipal de saúde.

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Diário do Nordeste

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também