TV Jaguar

Postado em 14/03/2019 às 09:00:00

compartilhar

Local de memórias e descanso: superlotação compromete cemitério público em Limoeiro do Norte.

Local de memórias e descanso: superlotação compromete cemitério público em Limoeiro do Norte.

Não bastasse o momento de dor e de perda, que as famílias limoeirenses passam na hora da despedida de seus entes queridos, enfrentam ainda um problema, ao chegarem ao cemitério público municipal Nossa Senhora do Carmo em Limoeiro do Norte, a superlotação, tem trazido um grande transtorno aos que adentram ao mesmo, pois túmulos estão formando um verdadeiro labirinto, amontoados de forma que ficam praticamente inviável o trânsito no local.

De acordo com publicação do jornal Diário do Nordeste do dia 24 de agosto de 2009, o então secretário a época José Lins Guerra, conhecido por "Eliezer", secretário municipal de Infra-Estrutura e Desenvolvimento, o espaço para o novo cemitério já foi delimitado, mas que a Prefeitura ainda está tentando alocar recursos para sua execução e manutenção.

Segundo a publicação, Eliezer informou que "O então prefeito João Dilmar havia comprado o terreno, mas que no período estavam trabalhando para ver como isso se daria". O então secretário estimava em mais de R$ 200 mil o custo para se operacionalizar o referido cemitério.

A população quer então um posicionamento do prefeito municipal da atual gestão, Zé Maria Lucena, se existe de fato algum terro adquirido pela prefeitura na gestão de ex-prefeito, e atual vice, João Dilmar. Isso porque, por meio de redes sociais limoeirenses levantam o questionamento em torno do assunto, e aguardam uma resposta imediata para solução do citado problema no município.

Matéria completa abaixo:

 

 

Fonte: Tv Jaguar / Jucelino Castro

Comentários 0

Para comentar o internauta precisa está cadastrado e logado.

LOGAR CADASTRAR

“Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.”

Veja também